A Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) recebeu nesta sexta-feira (19), homenagem do Hospital São José, de Jaraguá do Sul, pelo trabalho de articulação que a Federação vem realizando, por meio do Fundo Social, no apoio à captação de recursos para o hospital.

Nos últimos quatro anos, foram captados mais de R$ 10 milhões via Fundo do Idoso com o apoio de 68 empresas.

A homenagem ocorreu durante a reunião mensal da entidade, realizada virtualmente a partir de Florianópolis e com a participação diretamente da unidade da Faculdade SENAI em Jaraguá com a entrega de uma placa ao vice-presidente regional da Fiesc no Vale do Itapocu, Célio Bayer.

O presidente do Conselho Deliberativo do hospital, Paulo Cesar Chiodini, apresentou informações gerais da estrutura privada e filantrópica que realiza mais de 73% dos atendimentos por meio do Serviço Único de Saúde (SUS).

“Queremos reconhecer essa parceria com as ações do Fundo Social e agradecer o trabalho desenvolvido nesses quatro anos que vem auxiliando o hospital na captação de recursos. O empenho para que o imposto fique em Santa Catarina é muito importante”, disse.

O hospital possui 251 leitos de operação, sendo 201 leitos de internação (em operação) e 50 leitos de UTI (20 dedicados ao atendimento dos casos de Covid), 11 salas cirúrgicas, 817 colaboradores e 215 médicos no corpo clínico.

O vice-presidente regional Célio Bayer explicou que o envolvimento da classe empresarial no apoio a projetos sociais com base em leis de incentivo que permitem dedução no Imposto de Renda a pagar vem se ampliando e várias iniciativas são beneficiadas desde que o Fundo Social passou a incentivar a aplicação dos recursos em Santa Catarina.

Com a possibilidade de destinação também por pessoas físicas, a expectativa é que o volume de doações seja ainda maior e, no caso da saúde, contemple também o Hospital Jaraguá, representado na homenagem pelo seu presidente do Conselho Deliberativo Charles Bretzke.

O Fundo Social é uma ação de articulação realizada pela Fiesc com o objetivo de promover a cultura do uso dos incentivos fiscais em Santa Catarina.

Para o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar, o mérito deve ser dado às instituições de saúde e ao município de Jaraguá do Sul pelo forte envolvimento que a comunidade dedica às questões sociais.

“Só no setor industrial são R$ 200 milhões em recursos que podem ser aplicados na nossa comunidade. Os bons resultados estão sendo colhidos. O Hospital realiza um belíssimo trabalho comunitário, exemplo para Santa Catarina”, frisou.

O troféu foi entregue simbolicamente ao vice-presidente regional da Fiesc, Célio Bayer, em Jaraguá do Sul.