A Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) e a Celesc terão uma atuação conjunta na identificação das demandas de energia elétrica no setor industrial catarinense. A cooperação foi definida em reunião entre os presidentes das duas entidades, nesta terça-feira (6).

“Faremos um levantamento com os maiores consumidores industriais sobre a perspectiva de crescimento da demanda de energia, para que a Celesc possa se preparar para o fornecimento”, afirmou o presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar. “A Celesc nos procurou, preocupada com a expansão do consumo de energia no estado. Quer fornecer energia da forma necessária, para evitar evasão de investimentos no estado devido à falta do insumo”.

A estatal foi convidada também a expor seus planos de investimentos e a composição da tarifa de energia elétrica nas reuniões de diretoria da Federação das Indústrias e da Câmara de Energia da Fiesc.

Além de Aguiar e do presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins, participaram da reunião os diretores da estatal nas áreas de Regulação, Fábio Valenti; Distribuição, Sandro Levandoski; e o chefe do Departamento de Engenharia e Planejamento do Sistema Elétrico, André Leonardo Koning; o presidente da Câmara de Energia, Otmar Muller, e o diretor de relações institucionais e jurídicas da Fiesc, Carlos José Kurtz.