O Youtuber brasileiro Felipe Neto figura entre a lista das 100 pessoas mais influentes do mundo da Revista Time, divulgada nesta terça-feira (22), na categoria Ícones, junto à jogadora de futebol Megan Rapinoe, ao ator Billy Porter e a filósofa Angela Davis.

Com 39 milhões de inscritos no youtube e 12 milhões de seguidores no twitter, Neto passou de um produtor de material típico de sua geração de youtubers - jogos, celebridades e mercadorias - para focar em ativismo político contra o governo do presidente Jair Bolsonaro, engajando o presidente nas mesmas plataformas usadas pelo governo nas redes sociais, segundo a revista.

Em maio, o youtuber causou polêmica ao criticar outros influencers por não se posicionarem politicamente. Em julho, figurou no New York Times criticando a resposta do governo à pandemia de Covid-19.

"Ser escolhido como uma das pessoas mais influentes do mundo indica que dei tudo que podia dar e fiz tudo o que poderia fazer para contribuir na luta pela democracia, contra o fascismo e a favor da ciência", declarou o youtuber ao portal Splash, do UOL, ante a sua presença na lista.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul