Feira de Móveis de São Bento do Sul deve ser evento-teste para retomada no estado

Foto: Divulgação/Feistock

Por: Pedro Leal

24/06/2021 - 13:06 - Atualizada em: 24/06/2021 - 13:27

A tradicional feira de móveis de São Bento do Sul, no Planalto Norte de Santa Catarina, a Feistock, deve ser um dos eventos-teste para a retomada do setor de eventos no Estado.

Embora a data da feira ainda não esteja definida, a previsão é que aconteça entre 12 e 15 de agosto.

Em nota no site do evento, os organizadores informam que ainda não está definida uma data, mas pretendem manter duas edições no ano.

“Comunicamos que, após longa jornada de reuniões, conversas, pesquisas, audiências e muito trabalho junto com autoridades locais e estaduais, a organização da Feistock está adiando a realização da feira, que aconteceria no período de 10 a 13 de junho, em São Bento do Sul (SC).

A nova data da 33ª Feistock deve ser definida ainda nesta semana, pois pretendemos manter o calendário de duas edições neste ano”

Tida como a maior feira de móveis do Brasil, a feira costuma ter duas edições por ano, movimentando até R$ 18 milhões em seus quatro dias por edição.

Segundo o empresário Jonathan Linzmeyer, da TBS Feiras e Eventos, detentora dos direitos da Feistock,, mesmo de posse dos alvarás municipal e estadual, a diretoria da TBS optou por adiar a feira, prevista para os dias 10 a 13 de junho, devido a fase atual da Covid-19 no Estado. “Seria uma irresponsabilidade nossa manter a data da feira para o início deste mês”, citou Jonathan. “Temos que pensar na saúde dos visitantes e expositores da Feistock”, complementou.

O empresário também falou da intenção de trazer outras feiras para o município e solicitou o apoio do Legislativo. “Somos parceiros e também temos interesse em novos eventos na cidade, pois movimenta o turismo, gera empregos e renda para os são-bentenses”, afirmou Carla.

A Santur (Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina), junto à Secretaria de Estado da Saúde e entidades do setor, compõe um grupo de trabalho para definir protocolos para os eventos-teste.

O objetivo é que o primeiro deles, a ser realizado em Florianópolis, aconteça ainda em julho. Depois disso, haverá uma avaliação sobre os protocolos para ver o que funcionou ou não e dar continuidade aos demais.

Além da Feistock, evento do tipo feira, devem acontecer eventos no estilo jantar, congresso, evento esportivo e evento cultural, em datas ainda não confirmadas, já que também dependem do cenário da pandemia.