As atrações do Festival de Dança de Joinville vão bem além dos palcos e movimentam a economia da cidade e de muitas empresas do seguimento, que apostam nas vendas na Feira da Sapatilha. Ela é considerada uma das mais importantes feiras de produtos relacionados à arte do movimento no País, e reúne tendências, lançamentos e tecnologias para aperfeiçoamento técnico de quem sobe aos palcos.

Neste ano são 88 expositores de produtos e serviços, incluindo figurinos, roupas, acessórios, equipamentos, salão de beleza, além de dez estandes de artesanato e uma praça de alimentação com 20 opções.

"Algumas marcas vendem seis meses de produção somente durante a Feira da Sapatilha. As fábricas aproveitam os participantes do Festival de Dança de Joinville para fazer lançamentos e testar seus produtos. Em alguns casos, ele só vai para a linha de produção se for bem aceito aqui", explica o coordenador-geral do Festival de Dança de Joinville, Victor Aronis.

Expectativa de crescimento nas vendas

O clima entre os empresários que expõem seus produtos na Feira da Sapatilha é de otimismo. Eles acreditam em crescimento de até 20% nas vendas, em relação a 2017. Este é o caso da Evidence Ballet, uma loja especializada em roupas e acessórios para dança e atividades físicas. Há oito anos a empresa do Sul de Minas Gerais apresenta seus produtos em Joinville.

“A Feira da Sapatilha se consolidou com a maior feira do seguimento da América Latina. Para nós é muito importante estar em Joinville, representa uma estabilidade muito grande para nossa marca. Neste ano estamos bastante confiantes para um crescimento de 10% a 20% nas vendas”, comenta Jefferson Luis Prock Bisi, responsável pelo setor de faturamento da Evidence Ballet.

A empresária Dryelle Almeida participa da Feira da Sapatilha pela primeira vez. Ela é dona do Mundo Bailarinístico um e-commerce de presentes e assessórios ligados com a temática da dança. “No ano passado meus seguidores e clientes cobraram bastante minha participação na Feira. Os pedidos para eu estar em Joinville foram tantos que neste ano resolvi participar. Estou muito contente, ir a Joinville é um grande passo para o fortalecimento de nossa marca”, dia Dryelle. A empresa dela tem mais de 78 mil seguidores no Instagram e 83 mil no Facebook.

A Feira será aberta ao público no dia 17 e segue até dia 28 de julho, no Expocentro Edmundo Doubrawa.

Quer receber as notícias no WhatsApp?