Foto Freepik
Foto Freepik

A Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) realizou na terça-feira uma reunião coordenada pelo vice-presidente regional Alcidir Boaretto, com a participação do presidente Sérgio Alves, e de representantes das entidades na região Norte/Nordeste.

O presidente da Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (Acijs) e do Centro Empresarial de Jaraguá do Sul, Luis Hufenüssler Leigue, também participou da reunião, realizada remotamente, quando fez um balanço das ações de enfrentamento lideradas pela entidade não só no suporte ao Comitê de Gestão coordenado pela Prefeitura como no apoio aos associados e no auxílio aos hospitais e rede de saúde do município.

Na reunião, a Facisc também definiu temas a serem pauta da agenda empresarial, em 2021, que incluem pleitos já defendidos pelo Vale do Itapocu.

Constam no planejamento desde a busca de credenciamento pelo SUS do novo setor de cardiologia do Hospital São José, o esforço por garantias do governo federal para a liberação de recursos que as obras de duplicação da BR-280 entre Jaraguá e São Francisco do Sul sejam aceleradas, o projeto de transposição do Canal do Linguado e a viabilidade de um canal de acesso aquaviário da Baía da Babitonga, a implantação do projeto ferroviário entre os municípios cortados pelo modal na região, e até a quadruplicação da BR-101, entre outras demandas.

Há ainda a preocupação da Acijs com as obras de arte no trecho estadualizado, especialmente em relação ao elevado nas proximidades da antiga Mannes e na Ponte do Portal, considerando a projeção já divulgada de que a partir de março o tráfego de caminhões com transporte de equipamentos de grande volume para atender o mercado de aerogeradores produzidos pela WEG, será acentuado.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul