As exportações catarinenses no primeiro bimestre de 2018 totalizaram US$ 1,2 bilhão. O valor, que é o maior dos últimos quatro anos, representa uma variação de 0,7% frente ao mesmo período no ano anterior, informam os dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), divulgados pela FIESC. Os destaques da participação na pauta exportadora no acumulado do ano são carne de aves, que ocupa a primeira posição (com recuo de 5,8% em relação a 2017), seguido pela carne suína (com decréscimo de 7%) e partes de motor (com avanço de 22,6%). No acumulado do ano, os principais bens exportados compreendem os intermediários (59,5%) e os bens de consumo (29,7%), enquanto os bens de capital correspondem a 10,6% do total. Clique aqui e veja os dados completos.

No ano, as importações do Estado cresceram 36,2% em relação ao mesmo período do ano anterior, alcançando mais de US$ 2,4 bilhões, resultado aproximado daquele observado em 2015. Os principais produtos são cobre refinado (com crescimento de 21,2%) ocupa a primeira posição, seguido de polímeros de etileno (com ampliação de 33,6%) e fios de filamentos sintéticos (que aumentou 46,6%).

*Com informações da Fiesc