A Páscoa é uma das datas comemorativas mais importantes para os brasileiros.

Mesmo em um cenário de insegurança diante da pandemia, este ano, a maior parte da população pretende manter a tradição de presentear familiares e amigos com ovos e chocolates.

É o que aponta uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Offer Wise Pesquisas.

O estudo mostra que cerca de 102,7 milhões de brasileiros devem realizar compras para a Páscoa 2021.

Em Jaraguá do Sul, a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Jaraguá do Sul vem estimulando o comércio a potencializar as vendas.

Para incentivar as compras voltadas à data, a entidade lançou a campanha especial "Valorize nossa cidade: aproveite as ofertas de Páscoa do comércio local".

Foto Marcelo Martins/Divulgação

Considerada uma das datas comemorativas mais importantes do ano, a Páscoa deste ano deve seguir a tradição, com a maioria das famílias mantendo os presentes a familiares e amigos.

Mesmo em um cenário atípico por causa da pandemia, conforme pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 64% dos consumidores pretendem comprar itens relacionados à celebração.

O levantamento da CNDL ainda aponta que, entre aqueles que pretendem fazer compras, os principais motivos são: ser uma tradição da qual gostam de participar (28%) e ter o costume de presentear as pessoas que gostam (24%).

De acordo com o levantamento, os presentes serão direcionados a filhos (55%), marido/esposa (42%), mãe (38%) e sobrinhos (33%).

Além disso, 27% devem presentear a si próprios.

Segundo a presidente da CDL de Jaraguá do Sul, Talita Beber, a pesquisa também indicou um crescimento na quantidade de pessoas que prefere comprar de pequenos lojistas.

“Isso demonstra que, ao menos em parte, há uma preocupação dos consumidores com os comerciantes locais, tão impactados pela crise causada pela pandemia”, resume.

Boas expectativas de vendas

No começo do mês, a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), a projeção de vendas da Páscoa para 2021.

Segundo pesquisa da Abras com o setor supermercadista, haverá um crescimento de 10% a 15% nas vendas de produtos ligados à Páscoa, em relação ao ano passado.

Os consumidores entrevistados pretendem gastar, em média, R$209,49 com as compras da Páscoa e comprar cerca de 5 produtos.

A forma de pagamento mais utilizada será à vista (76%), especialmente no dinheiro (52%). Já 52% pretendem pagar à prazo, com destaque para o cartão de crédito parcelado (31%).

Supermercados serão os principais locais de compra. 84% pretendem fazer pesquisa de preço, segundo a CNDL.

O brasileiro está atento à diferença de preços entre os estabelecimentos, e por isso, 84% dos entrevistados pretendem fazer pesquisa antes de fazer suas compras, sendo que 50% pretendem pesquisar sobre todos os tipos de chocolate e 25% somente sobre os ovos de Páscoa.

O principal local de pesquisa serão os supermercados (62%), enquanto 52% pretendem pesquisar em sites na internet e 34% nas lojas de shopping.

Entre os que pesquisam preços na internet, 77% citam os sites e aplicativos de varejistas, 60% os sites de busca, e 41% os sites de comparação de preços.