Os produtores rurais que tiveram prejuízos ocasionados pela enxurrada que atingiu os municípios do Alto Vale do Itajaí, no dia 17 de dezembro, contarão com o apoio do Governo do Estado para recuperação das infraestruturas danificadas. A Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural destinará mais de R$ 1,5 milhão para projetos de recuperação.

As linhas de financiamento foram criadas para apoiar os produtores rurais e pescadores que sofreram perdas com fenômenos climáticos extremos, como o ciclone e o tornado que afetaram Santa Catarina no início do segundo semestre de 2020.

 

“Ampliamos os projetos Reconstrói e Recupera SC – Menos Juros, para dar um suporte também aos agricultores do Alto Vale do Itajaí que sofreram com a enxurrada. Vamos dar todo apoio necessário para que os produtores possam seguir em frente em suas atividades e recuperar o que foi perdido com essa tragédia que devastou os municípios da região de Rio do Sul”, destaca o secretário da Agricultura, Ricardo de Gouvêa.

 

Os produtores interessados em participar dos programas e de outras linhas de fomento devem procurar a Epagri do seu município.

Projeto Reconstrói - SC

Com o Projeto Especial de Apoio à Recuperação de Infraestrutura das Propriedades Rurais e Pesqueiras, os produtores rurais poderão contrair financiamentos de até R$ 10 mil, com dois anos de carência e cinco anos de prazo para pagamento, com parcelas anuais e sem juros. A Secretaria da Agricultura dará uma subvenção de 50% para cada parcela paga em dia.

Os recursos devem ser utilizados para a recuperação das estruturas destruídas pela enxurrada e para minimizar os prejuízos causados. Para se beneficiar do Reconstrói - SC, os produtores e pescadores devem ter renda bruta anual de até R$ 415 mil e, no mínimo, 50% da renda oriunda de atividades agropecuárias, nos municípios afetados e priorizados pelas regras do projeto.

Recupera SC - Menos Juros

Com o Projeto Recupera SC – Menos Juros, o Estado irá subvencionar os juros de financiamentos contraídos para reconstrução de sistemas produtivos.

Os produtores rurais poderão contrair financiamentos junto aos agentes bancários, em um limite de R$ 40 mil e com prazo de até oito anos para pagamento. A Secretaria da Agricultura quitará os juros do investimento em até 4% ao ano.

Poderão ser apoiados projetos de investimentos na recuperação dos sistemas produtivos, incluindo benfeitorias, embarcações, máquinas e equipamentos danificados.

 

 

Para participar, os produtores rurais devem ter renda bruta anual de até R$ 415 mil e morar nos municípios afetados pela enxurrada e contemplados em decreto de estado de calamidade pública do Governo de Santa Catarina, bem como decretos municipais reconhecidos pela Defesa Civil estadual.

Receba as notícias do OCP no seu WhatsApp: