Há cerca de um ano, o setor de eventos sente os impactos corrosivos da pandemia de Covid-19. Colocando as necessidades do mercado como prioridade, o Blumenau e Vale Europeu Convention & Visitors Bureau iniciou nos últimos dias articulações para a compra de vacinas com o intuito de atender profissionais de eventos.

Além de dar mais segurança aos profissionais, a medida tem o objetivo de unir esforços com o setor público para incentivar a agilidade na imunização da população.

O presidente do Blumenau e Vale Europeu Convention & Visitors Bureau, Develon da Rocha, reforça que a entidade não medirá esforços para amparar o setor.

 

“Estamos trabalhando arduamente para garantir a prioridade da compra de doses para os profissionais. Iniciamos contato junto aos principais laboratórios que produzem o imunizante com o intuito de montar um plano de ação”, relata.

 

Develon conta ainda que, além de dar resposta aos profissionais, a medida servirá para fomentar políticas públicas.

 

“Queremos unir esforços e auxiliar o governo municipal e estadual para garantir que a vacina chegue com agilidade à população. Quanto antes conseguirmos imunizar os grupos prioritários, antes retomaremos os eventos”, afirma.

 

A movimentação acontece após aprovação pelo Senado de um projeto de lei que facilita a compra do imunizante pelo setor privado. Agora, o PL deverá ser aprovado pela Câmara dos Deputados, para seguir à sanção do presidente. Se tudo ocorrer como o planejado, especula-se que no segundo semestre empresas possam iniciar a aquisição de vacinas, sendo que, segundo a matéria, obrigatoriamente 50% das doses serão doadas ao Sistema Único de Saúde.