O programa Centelha, que busca incentivar empresas que possuem ideias inovadoras, divulgou a lista de aprovados para a segunda etapa. Em Santa Catarina, dos 50 aprovados, quatro projetos envolvem empresas incubadas no JaraguaTec, núcleo de inovação tecnológica instalado no Novale Hub – Centro de Inovação Jaraguá do Sul.

As empresas DuMeio, Semente Urbana, CWR Tecnologia em Automação para Elevadores e TuristaRV passaram pela primeira fase de avaliação, a submissão de Ideias Inovadoras. Agora os empreendedores receberão capacitação para aprimorar o projeto, tendo em vista a segunda etapa do programa – a construção de um Projeto de Empreendimento, que ocorre entre 17 de maio e 2 de junho.

O diretor de fomento e inovação e coordenador da incubadora JaraguaTec, Prof. Victor Alberto Danich, destaca que iniciativas como o Centelha são fundamentais para o surgimento de novos negócios. Ele ainda comenta que, ao todo, a região do Vale do Itapocu teve dez projetos aprovados na primeira triagem do programa, “Isso comprova que as boas ideias podem prosperar quando recebem o suporte adequado, tal qual o que é oferecido no nosso ecossistema de inovação”, ressaltou Danich.

O programa é liderado pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e é executado de forma descentralizada, por meio da articulação institucional e cooperação com órgãos e entidades estaduais. Em Santa Catarina o programa é articulado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc-SC), que conta com uma rede de parceiros para execução regional – entre eles estão o Novale Hub e o JaraguaTec.

No total, a previsão é de que sejam investidos R$ 97 milhões, sendo R$ 74 milhões pelo MCTI/FNDCT e R$ 23 milhões pelos parceiros nos estados. Nesta edição, o programa atua em 25 estados e no Distrito Federal.