A Cosmos Turismo, de Jaraguá do Sul, e a TripService, de Itajaí, empresas especializadas em atendimento corporativo de viagens, eventos e lazer, anunciaram nesta semana ao mercado seu mais novo projeto de fusão.

Entre os pontos positivos destacados pelas duas empresas neste novo momento, estão a excelente sinergia em todas as áreas de atuação, a ética profissional, o fortalecimento das marcas, o compartilhamento de expertises e o investimento em inovação. A parceria também traz maior robustez para negociações e a abertura de novos contratos, otimização de recursos e ampliação da abrangência e participação do mercado.

"Estamos muito felizes em anunciar que Iniciamos um projeto de fusão entre as duas maiores agências de viagem de SC, Tornando em breve a maior agência de viagens do Sul do Brasil", explica o sócio-gerente da Cosmos, Killain Sohn Neto.

"Todos ganham com esse Projeto que vai trazer muitos benefícios e negociações com nossa cadeia de fornecedores (Cias aéreas, hotéis, locadoras de carros, operadores de serviços turísticos em geral) e consequentemente todos os nossos clientes ganham", adiciona.

Genuinamente catarinenses, mas com atuação em todo o país, as duas agências somam quase 65 anos de experiência no mercado de viagens. A TripService comemora 25 anos de história, e a Cosmos Turismo completa 39 anos em 2021.

“São muitos anos de experiências e conhecimentos que farão toda a diferença neste importante momento do turismo nacional e mundial”, observa a sócia da Cosmos Turismo, Maria Júlia Emmendorfer.

“Esta união será um marco histórico e inspirador para muitas empresas que têm o mesmo desejo que o nosso”, finaliza o CEO da TripService, Samuel Heusi.

Inicialmente, as duas empresas seguirão trabalhando com os próprios nomes e continuarão com escritórios em Jaraguá do Sul, Itajaí, Balneário Camboriú, Blumenau e Joinville. Juntas, elas somam cerca de 350 mil transações/ano.

Com a fusão, os diretores esperam sinergia em todas as áreas de atuação, ética profissional, fortalecimento das marcas, compartilhamento de expertises e investimento em inovação.