O brasileiro nunca comeu tanto ovo, segundo dados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e da Confederação Nacional da Agricultura (CNA). No ano de 2020, cada brasileiro comeu, em média, 251 ovos, com um total de 53 bilhões de ovos vendidos em 2020. É um volume recorde.

Em 2020, o valor bruto de produção de ovos chegou a R$ 19,1 bilhões. A previsão é de que haja um aumento de 5,2% neste ano, com movimento de R$ 20,1 bilhões

O consumo anual de cada cidadão, há 20 anos, era de 94 unidades. Dez anos atrás, esse número subiu para 148 ovos.

O consumo de ovos é explicado em parte pelo aumento desenfreado do preço da carne, a queda de poder de compra da população, e a mudança de hábito trazida pela pandemia, com aumento considerável na alimentação em casa.