O conselho de administração do Twitter (TWTR34) aceitou a oferta do bilionário Elon Musk para comprar a rede social por 54,20 por ação, totalizando US$ 44 bilhões, cerca de R$ 204 bilhões, e torná-la privada.

As informações são do portal Infomoney.

A notícia põe fim as negociações de semanas, que contaram com movimentação de parte do conselho para evitar uma aquisição hostil.

Musk vem, há algum tempo, criticando políticas do Twitter, que limitariam a liberdade de expressão.

Mais cedo, agências notícias davam como certo o aceite do conselho à oferta de Musk.

Em Nova York, as ações do Twitter avançam 6,4%. Já os BDRs da empresa na bolsa brasileira avançam 12,26%