Eletrobras CGT Eletrosul investe R$ 49,4 milhões em Santa Catarina

Divulgação Eletrobras CGT Eletrosul

Por: Pedro Leal

03/10/2023 - 09:10 - Atualizada em: 03/10/2023 - 09:41

A Eletrobras CGT Eletrosul concluiu, no domingo (01.10), a recapacitação da Linha de Transmissão Blumenau – Joinville Norte (230 kV), no trecho entre a futura Subestação Joinville Sul (Neoenergia Vale do Itajaí) e a Subestação Joinville Norte (Eletrobras CGT Eletrosul).

Previsto na Resolução Autorizativa Aneel nº 9.655/2021, o empreendimento reforça o atendimento à região norte catarinense, ampliando a capacidade de corrente. O trecho recapacitado foi entregue à operação com quatro meses de antecipação em relação ao prazo autorizado pela Aneel. No mês de julho, a Eletrobras CGT Eletrosul já havia concluído, no prazo, a recapacitação em trecho paralelo da LT Blumenau – Joinville (230 kV).

Os investimentos somados nas duas linhas de transmissão são da ordem de R$ 28,7 milhões. Os reforços na capacidade de transmissão permitirão um incremento R$ 3,9 milhões na receita anual da empresa.

Subestação Blumenau

No mês de agosto, a Eletrobras CGT Eletrosul concluiu obras de melhoria de grande porte na Subestação Blumenau. O investimento total foi de R$ 20,7 milhões na substituição de dois transformadores. Os novos equipamentos proporcionarão maior confiabilidade, integridade e disponibilidade na transmissão de energia elétrica para as regiões do Vale do Itajaí, Norte, Sul e Litorânea.

No dia 20 de agosto, foi concluída a substituição do transformador trifásico TR3 (230/138 kV), de 150 MVA. Em 6 de agosto, foi energizado o novo transformador trifásico TR4 (230/138 kV), também de 150 MVA. Os serviços foram antecipados em mais de 15 meses ao prazo estabelecido pela Aneel, com base na Resolução Autorizativa 10.921/2021. A substituição dos equipamentos está enquadrada como melhoria de grande porte. A Receita Anual Permitida (RAP) será de R$ 5,37 milhões.

Com 1.962 MVA de capacidade de transformação, a Subestação Blumenau atende o Sistema Interligado Nacional (SIN). No total, 14 linhas de transmissão se conectam ao empreendimento: Biguaçu, Curitiba, Campos Novos e Curitiba Leste (525 kV); Joinville Norte, Joinville, Gaspar 2-1, Gaspar 2-2, Itajaí 1 e 2 (230 kV); Blumenau 1 e 2, Ilhota e Gaspar (138 kV).