O Dia das Mães se aproxima e, com ele, aumentam também as expectativas dos comerciantes criciumenses. A ideia, conta o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do município, Tiago Marangoni, é atingir ao menos os números de 2019, ano anterior à pandemia do coronavírus.

“Apesar deste início de ano ainda confuso, temos boas perspectivas, uma vez que esta é a segunda melhor data para o comércio. Pelo que estamos acompanhando, itens de vestuário e cosméticos ainda continuam sendo os mais procurados, assim como aumentou a demanda por eletrônicos, por conta da situação que ainda exige distanciamento social”, enfatiza ele.

Para fomentar a importância da data (que perde apenas para o Natal quando se fala em vendas), a entidade vem promovendo ações diferenciadas, envolvendo os associados e consumidores. “Produzimos peças publicitárias especiais, vídeos comemorativos, além de promover palestras sobre a importância das vendas e do bom atendimento on-line. Nossa intenção é oferecer alternativas para os comerciantes, para que eles saiam deste momento ainda mais fortalecidos e, principalmente fazendo bons negócios”, aponta.

Além disso, os horários de atendimento deste fim de semana serão diferenciados. Sexta-feira, o comércio ficará aberto até as 20 horas e sábado, até as 17 horas. “Isso proporciona mais tranquilidade e segurança para o consumidor comprar o presente da sua mãe”, diz ele, ao completar: “o comércio tem sido um grande parceiro no combate à proliferação do coronavírus. Temos seguido todas as normas restritivas, orientando os clientes sobre o uso de máscara, álcool gel e trabalhando com capacidade máxima reduzida”, finaliza.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp