O custo da cesta básica em Palhoça interrompeu a tendência de queda e/ou estabilidade dos últimos meses e apresentou alta de 10,3% em outubro, na comparação com setembro.

“O índice teve a repercussão do aumento no preço do tomate (117%) e da batata (34%), produtos que impactaram os custos de alimentação em todo o país”, explica Willian Adamczyk, professor da disciplina Evolução das Teorias Econômicas, do curso de Administração, da Faculdade de Tecnologia Nova Palhoça (Fatenp), que realiza a pesquisa mensal. Para adquirir os 13 produtos que compõem a cesta básica foi necessário desembolsar R$ 365, 13 (em setembro, o valor era de R$ 331,03).

Os outros aumentos foram na farinha de trigo (+4%), óleo e pão (+2%) e feijão (+1%). O preço do arroz não teve variação e as quedas ocorreram no leite (-11%), café (-7%) e manteiga, banana, carne de gado e açúcar (todos, - 1%).

A coleta de preços segue a metodologia do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), sendo feita com a marca mais barata, no mesmo período do mês, para que os resultados sejam comparáveis entre si, sem a influência de promoções ou ofertas e é realizada mensalmente em conjunto por alunos da 4ª fase dos cursos de Ciências Contábeis e Administração da Fatenp.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?