Para Beatriz, o diferencial de suas cucas e bolos é o processo totalmente artesanal | Foto Eduardo Montecino/OCP News

Para Beatriz, o diferencial de suas cucas e bolos é o processo totalmente artesanal | Foto Eduardo Montecino/OCP News

No alto da rua Expedicionário Antônio Carlos Ferreira, no bairro Vila Lenzi, uma pequena sala chama atenção por sua arquitetura simples, mas minuciosa.

À primeira vista, a lojinha encanta os olhos, mas ao entrar, é o aroma da cozinha que faz o visitante lembrar das deliciosas cucas da oma.

Por ser uma confeitaria artesanal sem glúten, a Cuquíssima é diferenciada por conta do produto, mas a história em torno da criação do estabelecimento o torna ainda mais especial.

Ainda criança, Beatriz Sasse, hoje com 41 anos, já seguia de perto os ensinamentos culinários de sua avó materna, Elly Krueger Fleming.

Foi com ela que Beatriz se apaixonou por doces e aprendeu a colocar a mão na massa. O tempo foi passando e ela crescendo em um ambiente onde um fim de semana sem cuca, não era um fim de semana normal.

Mas se engana quem pensa que as doçuras eram feitas com o principal intuito de se alimentar, na verdade, o essencial era reunir as pessoas em volta da mesa e sentir o prazer de estar ali. "É uma comida que conforta, de afeto, não dá para fazer ou comer um bolo e ficar triste", comenta.

Foto Eduardo Montecino/OCP News

Apesar da paixão pela culinária, nunca havia passado pela cabeça de Beatriz, formada em Letras, se tornar confeiteira.

Aos 19 anos, ela seguiu a carreira na comunicação, como programadora visual de jornais e diagramando livros para diversos escritores, são tantos que ela nem lembra a quantidade exata.

No final de 2015, ela foi aconselhada por uma nutricionista a alterar sua alimentação. Isso foi o estopim para Beatriz mudar os hábitos em casa, cortando todo aquele trigo das cucas que fizeram parte de sua rotina.

Essa mudança alimentar fez a jaraguaense buscar alternativas gostosas e também mais saudáveis. "Mesmo estando em um período que começou a 'era' do sem glúten, eu vi que a cidade tinha pouca opção no ramo", recorda.

Uma receita que ganhou fãs

Em busca de melhorar a alimentação, Beatriz procurou em diversos lugares da cidade por comidas mais saudáveis, mas não teve muito sucesso.

Então, ela decidiu colocar suas habilidades culinárias novamente em prática e fazer cucas e bolos sem glúten, com ingredientes de qualidade. “Foram muitos testes até conseguir acertar nos ingredientes”, afirma.

Depois de encontrar a receita perfeita, ela resolveu levar suas doçuras para os familiares e amigos, o resultado não poderia ser diferente: todos amaram.

Vendo o sucesso que suas cucas estavam fazendo, ela pensou: “Eu posso fazer um negócio disso”. Foi assim que decidiu divulgar seus alimentos em lojas de produtos naturais.

Com uma receita própria, focada em ingredientes saudáveis, Beatriz criou 25 sabores para agradar todos os paladares | Foto Raphael Günther

“Com o resultado positivo e esse reconhecimento que decidi mudar radicalmente minha vida”, relata.
E foi em 2016 que a diagramadora virou oficialmente uma confeiteira.

Com seu conhecimento na área da comunicação, ela criou a marca e começou a divulgar seus produtos nas redes sociais, especialmente pelo Facebook e Instagram.

De acordo com Beatriz, sua principal intenção com a Cuquíssima é a busca pela inclusão alimentar. “Tenho familiares celíacos e intolerantes à lactose e fazer uma comida saborosa também para eles me move. Quero que as pessoas tenham uma experiência gastronômica sem restrições”, enfatiza.

Mudança na hora certa

“Satisfação pelo retorno das pessoas”. É assim que Beatriz responde ao comentar sobre seu novo momento.

Ela conta que pode parecer simples, mas fica feliz ao perceber que está facilitando a vida das pessoas de alguma maneira, levando opções para aqueles que possuem restrições e necessitavam de uma alternativa, e também para qualquer pessoa que busca algo saboroso.

A confeiteira conta que, apesar de gostar muito de ser diagramadora, a Cuquíssima lhe proporcionou momentos marcantes e únicos, que emocionam e motivam.

“Não tenho palavras para descrever tamanha gratidão com as pessoas que enviam mensagens e fotos falando que é a melhor cuca que já comeram”, revela.

Apesar do reconhecimento e crescimento da marca, que aconteceu naturalmente, Beatriz sempre está em busca de conhecimento para aperfeiçoar suas técnicas e trazer novidades aos clientes.

Desde 2016, ela realizou três cursos com ministrantes conceituados da culinária funcional, incluindo Paula Martins (Viver sem Trigo), Nanda Carneiro (Leve-me) e Helena Mazza, além de um curso recente na escola de gastronomia saudável NaturalChef, de Florianópolis.

100% sem glúten e lactose

A Cuquíssima fez tamanho sucesso que em 2018, com a ajuda do marido Márcio e da família, Beatriz foi em busca de recursos e procurou um novo local, onde pudesse ter uma cozinha totalmente sem glúten e lactose, para garantir produtos 100% livres desses ingredientes.

Durante sete meses, com apoio de uma engenheira de alimentos abriu o novo espaço.

Foto Divulgação/Cuquíssima

Para isso, contou com ajuda do pai, que é pedreiro e também auxiliou com a pintura e a montar o local, além da mãe, que colaborou na decoração.

Beatriz também tomou um cuidado específico com cada detalhe para deixar o ambiente bonito, leve, acolhedor e, claro, cheio de cucas fresquinhas, dando um cheiro inigualável para o estabelecimento.

Futuro, com cautela e qualidade

É possível encontrar a Cuquíssima em pontos de vendas de oito cidades de Santa Catarina. E com tudo que já conquistou nesses mais de dois anos com o estabelecimento, Beatriz vislumbra passos maiores, mas com cautela.

Ela quer manter a essência da Cuquíssima, que é doces preparados em um espaço pequeno, com o cliente conhecendo cada passo da produção.

Uma coisa que ela deseja é transformar em uma franquia, para que outras pessoas possam levar seus métodos adiante. “Quero manter o mesmo espírito de quando comecei, continuando a ter esse belo reconhecimento dos clientes”, destaca.

Foto Eduardo Montecino/OCP News

Beatriz diz que havia uma demanda reprimida na região para esse tipo de cardápio e, por esse aspecto, o empreendimento tem feito sucesso. A tendência é esse mercado aumentar.

Segundo uma pesquisa realizada pela Bio Brazil Fair, as categorias de alimentos funcionais, naturais ou de perfil saudáveis têm a maior previsão de crescimento do país até 2022, com aumento de vendas estimado entre 35% e 40%.

Qual o segredo da Cuquíssima?

Beatriz trabalha com 25 sabores diferentes, todos sem glúten. Ela conta que foi difícil encontrar produtos certos para substituir os tradicionais ingredientes, sendo que sua maior dúvida era como fazer bolos e cucas crescerem e não esfarelar sem utilizar trigo.

“Percebi que não existia um substituto ideal, mas sim uma combinação de ingredientes que poderiam ser usados”, relata.

Para fazer as deliciosas cucas e bolos, ela usa ingredientes a base de farinha de arroz, óleo vegetal, biomassa de banana, polvilho doce, manteiga clarificada, açúcar demerara, ovo caipira, fécula de batata e leite de arroz.

Ela relata que utiliza chocolates importado, frutas frescas e ingredientes de boa procedência.

Foto Divulgação/Cuquíssima

Os sabores das cucas e bolos vão de mirtilo a churros, banana com gotas de chocolate a paçoca. Apesar de todos serem elogiados, segundo Beatriz, tem um sabor específico que faz sucesso entre os clientes. “Todos adoram nozes com castanha, é o que eu mais vendo”, frisa.

Onde encontrar a Cuquíssima

Na loja anexa a cozinha, na rua Expedicionário Antônio Carlos Ferreira, 1318, sala 2, Vila Lenzi, com pronta-entrega de segunda a sexta-feira das 13h30 às 18h30. Por encomenda através do 47 98433-0306 (WhatsApp).

Você também pode encontrar a Cuquíssima nas lojas parceiras

Jaraguá do Sul:

  • Nutrimil;
  • Sabores e Grãos (Vila Nova, Barra e Shopping);
  • Naturart;
  • Café Lisboa;
  • Flor de Lótus (Vieiras);
  • Magia do Grão;
  • Pro-fit Foods.

Guaramirim

  • Bem Natural;
  • Cantinho Doce(nas duas lojas);
  • Sabores e Grãos.

Schroeder

  • Flor de Lótus.

Massaranduba

  • Rancho Suplementos.

Pomerode

  • R&S Hortifruti;
  • Le Grain.
  • Naturhaus

Barra Velha

  • Natureba (Itajuba).

Blumenau

  • Naturalissima;
  • Natureza e Vida.

Balneário Camboriú

  • Sou Funcional.

Por dentro das novidades

Não perca nenhuma novidade da Cuquíssima. Siga a marca no Instagram e curta a página no  Facebook.

Você também pode ligar ou mandar uma mensagem para o WhatsApp (47) 9 9952-3694.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?