O pagamento do terceiro lote da restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2022 será pago dia 29 de julho. Com isso aparece um novo risco para as pessoas, sendo que os fraudadores de ocasião usam esse tema ou a malha fina como isca para roubar dados ou mesmo dinheiro das pessoas.

"Mais uma vez os criminosos se aproveitam do desconhecimento e da vontade de receber ganhos extras, nesse caso dos contribuintes que anualmente tem parte dos ganhos retidos pela Receita Federal. Eles prometem simplicidade na obtenção do dinheiro, prometem algo que não é real ou mesmo fazem alertas de riscos como o da malha fina. Contudo, tudo é uma armadilha", afirma o advogado especialista em fraudes, Afonso Morais, CEO da Morais Advogados Associados.

Na maioria dos casos os golpistas enviam um link malicioso por e-mail, SMS, WhatsApp e Telegram para os contribuintes. O assunto da mensagem pode ser "Saque Imediato", “Você está na Malha Fina” ou alguma outra vertente do tema. Dentro da mensagem um texto genérico busca atrair o usuário à clicar no link, que pode ser "Chave de Acesso", por exemplo. Esse link geralmente é malicioso, comprometendo a máquina utilizada com um vírus.

"Lógico que existem outras vertentes desse crime relacionado a restituição de imposto de renda, existindo até mesmo pessoas e empresas que prometem antecipar o valor sem garantias, o que faz com que o contribuinte aceite criando uma grande dívida ou mesmo tendo que pagar para receber o valor. São muitos os roteiros para enganar a população", alerta Afonso Morais.

Em relação ao tema, o diretor executivo da Confirp Consultoria Contábil, Richard Domingos, explica que hoje o sistema da Receita Federal é muito avançado e o acesso a praticamente todos os dados é feito por meio de login se senha.

"O caminho correto para obtenção é no Portal e-CAC, com acesso seguro por meio do Gov . br ou por certificado digital. A Receita Federal não envia esse tipo de mensagens para as pessoas. Além de mensagens de restituição, também é importante ficar atento às mensagens que falam que caiu na malha fina ou que existem débitos. São muitas as fraudes relacionadas ao tema atualmente", explica Richard Domingos.

Também é importante saber que o procedimento da restituição não envolve envio por e-mail, SMS ou qualquer outra ferramenta. Em relação a antecipações de valores também é ficar atento.

"Sempre que se busca por linhas de crédito é fundamental que se busco por instituições registradas pelo Banco Central. É fundamental checar o histórico das instituições. Duvide sempre de 'oportunidade únicas' e sempre avalie muito bem quanto terá que pagar e as taxas envolvidas nesse tipo de negociação", explica Afonso Morais.

Outro ponto de alerta é que não se deve enviar nunca dados para terceiros ou por meio de mensagens. A Receita irá depositar as restituições diretamente na conta bancária informada no ato de entrega da declaração do Imposto de Renda.