O criciumense já pagou, de 1° de janeiro até a noite desta quinta-feira, mais de R$ 18 milhões (exatos R$ 18 milhões e 362 mil, às 21h04min desta quinta) em impostos arrecadados pelo governo na forma também de taxas, multas e contribuições.

Os dados são do Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) que apontou, em nível nacional, que o brasileiro já gastou mais de R$ 300 milhões em tributos. Marca alcançada na quarta-feira, às 13h50min.

Nesta noite, o número ultrapassa os 308 milhões.

Economia

Segundo a ACSP, a arrecadação chega dois dias antes do que no ano passado, indicando que a economia do país já mostra sinais de recuperação.

“Ao contrário do que as pessoas pensam, o aumento na arrecadação do governo com impostos não é algo ruim, quando isto acontece sem mudanças de alíquota”, diz Marcel Solimeo, economista da ACSP.

Dados são do Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo, a ACSP/Foto: Reprodução

Para ele, além do crescimento da economia, os números contribuem para o aumento da arrecadação sobre o consumo.

“Agora vamos aguardar que o governo continue reduzindo os gastos e melhorando o uso dos recursos públicos para que a economia cresça de forma mais acentuada”, completa.

Impostômetro

O Impostômetro foi implantado em 2005 pela ACSP para conscientizar os brasileiros sobre a alta carga tributária e incentivá-los a cobrar os governos por serviços públicos de mais qualidade.

Está localizado na sede da ACSP, na Rua Boa Vista, centro da capital paulista.

Outros municípios e capitais se espelharam na iniciativa e instalaram seus painéis.

No portal do Impostômetro é possível visualizar valores arrecadados por período, estado, município e categoria.