A Secretaria de Defesa do Cidadão e o Procon Municipal fizeram ações orientativas nesta quarta-feira (12) em empresas aéreas e empresas de transporte rodoviário para que não aumentem o valor das passagens ou cobrem multa ao reagendarem viagens de pessoas que positivaram para Covid-19.

“Essa ação de orientação foi feita para que não haja nenhuma situação de abuso nesse momento em que muitas pessoas estão cancelando viagens e serviços por conta da Covid-19”, afirma o secretário o secretário Municipal de Defesa do Cidadão, Eradio Manoel Gonçalves.

“Estamos orientando as empresas para que não seja feito nenhum procedimento que gere prejuízos ao consumidor. Se de alguma forma, o cidadão se sentir lesado, orientamos que acione o Procon para que possamos averiguar a situação e tomar as medidas cabíveis”, ressalta Rodrigo Cássio, secretário-adjunto da Defesa do Cidadão.

Como denunciar

  • Denúncias e reclamações podem ser feitas diretamente neste site ou neste e-mail ou no telefone (48) 3131 - 5320.