Joinville, segundo município que mais exporta e importa em Santa Catarina, registrou déficit na balança comercial entre janeiro e julho deste ano. Os dados são do Ministério da Economia.

No período, o município totalizou U$605,08 milhões em exportações e U$1.603,93 milhões em importações. Isso gerou um déficit de U$998,9 milhões na balança comercial, já que a cidade importou mais produtos do que exportou entre janeiro e julho deste ano.

No ranking do Brasil, Joinville aparece como a 45ª cidade que mais exportou produtos, enquanto fica em 11ª lugar no ranking de importação do país.

Já em Santa Catarina, Joinville é o segundo município no ranking de Exportação e Importação. Os dados são do Ministério da Economia, e levam em conta o período entre janeiro e julho de 2019.

A cidade tem 194 exportadores e 263 importadores, segundo o Ministério da Economia. Os dados levam em conta pessoas físicas e pessoas jurídicas.

O que Joinville exporta

Entre os produtos exportados por Joinville, a maior parte (39%) é de peças destinadas a motores. O valor acumulado atinge os U$234,54 milhões, o que representa uma queda de 2,8% em comparação com o exportado no mesmo período do ano passado.

Outra grande parte da exportação de Joinville (23%) é de bombas de ar de vácuo, compressores de ar e ventiladores. O valor atinge os U$139,33 milhões, mas também representa uma queda de 8% em comparação com as exportações do mesmo período de 2018.

Outras fatia importante das exportações do município são partes e acessórios para automóveis (6,9%), equivalente a U$41,89 milhões; e refrigeradores, freezers, aparelhos para produção de frio e bombas de calor (4,1%), equivalente a U$24,73 milhões.

A maior parte das exportações de Joinville são para países como Estados Unidos (29%), México (13%), Alemanha (6,9%), Reino Unido (5,5%) e Argentina (5,2%).

Confira o ranking dos produtos exportados por Joinville

  1. Peças destinadas a motores
  2. Bombas de ar de vácuo
  3. Compressores de ar
  4. Ventiladores
  5. Partes e acessórios para automóveis

O que Joinville importa

Já nas importações, entre janeiro e julho deste ano, os principais produtos importados (23%) são automóveis, com valor total de U$367,57 milhões.

Segundo os dados do Ministério da Economia, o valor representa uma variação positiva de 183% em comparação ao mesmo período no ano passado, quando o valor era de U$129,87 milhões.

Outras fatias consideráveis de produtos importados na cidade são o cobre afinado e ligas de cobre (6,4%), com valor de U$102,25 milhões; e aquecedores elétricos de água, aparelhos elétricos de aquecimento de solo e aparelhos eletrotérmicos, como secadores de cabelo (4,8%), com valor de U$76,67 milhões.

A maior parte das importações de Joinville vêm de países como China (32%), Argentina (21%), México (12%) e Chile (7,6%).

Confira o ranking dos produtos importados por Joinville

  1. Automóveis
  2. Cobre afinado
  3. Ligas de cobre
  4. Aquecedores elétricos de água
  5. Aparelhos elétricos de aquecimento de solo

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger