O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), da Confederação Nacional da Indústria (CNI), registrou queda de 0,7 ponto em abril em relação a março e fechou em 53,7 pontos. É a quarta queda consecutiva do indicador, que acumula uma baixa de 9,4 pontos neste ano. Apesar das quedas, o ICEI está acima da linha divisória de 50 pontos e mostra confiança por parte dos empresários. O índice varia entre 0 e 100 pontos.

De acordo com o gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo, a queda na confiança na passagem de março para abril foi causada exclusivamente pela avaliação das condições atuais das empresas e da economia brasileira.

“Há uma visão mais negativa em relação ao momento atual. As expectativas dos empresários para os próximos seis meses até melhoraram moderadamente, mas recuperaram apenas parcialmente a piora do mês anterior”, explica Marcelo Azevedo.

Na comparação com abril de 2020, quando o índice refletia os efeitos da pandemia sobre a indústria, o índice mostra alta de 19,2 pontos.