Nesta quarta-feira (24), o grupo Carrefour Brasil anunciou a compra da rede BIG de hipermercado - levantando dúvidas sobre quanto ao destino das duas lojas da rede varejista em Joinville.

O BIG da beira-rio, bairro América, segue fechado para reforma, e a reabertura, sob a bandeira do clube de compras Sam’s Club está prevista para maio, sem data definida.

O clube de compras Sam’s Club em Joinville, assim como em outras cidades, venderá produtos em embalagens maiores e terá produtos importados e exclusivos - a rede opera com uma anuidade de R$ 75.

O cadastramento vale tanto para pessoa física quanto jurídica.

A associação ao Sam’s Club tem validade de 12 meses, podendo ser renovada ao final deste período, e também dá o direito ao sócio de comprar nos 31 clubes presentes no Brasil, além de outras unidades no mundo.

A galeria de lojas da unidade segue operando normalmente.

Unidade do Bucarein

A outra unidade da rede fica no bairro Bucarein, região central de Joinville, também foi vendida para o Grupo Carrefour.

Ainda não há definição quanto ao destino desta unidade, se seguirá no formato de hipermercado ou passará a operar como atacadão.

A decisão será tomada após o fim da compra.

A decisão será tomada após o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) aprovar a compra, o que deve ocorrer em 2022.

“A conclusão da operação é esperada para 2022”, disse o comunicado do Grupo Carrefour.

Otimização das unidades

A nota oficial também informou que o Grupo Carrefour Brasil planeja otimizar a rede de lojas convertendo as unidades Maxxi para a bandeira Atacadão.

A Companhia também espera converter parte das lojas BIG e BIG Bompreço para as bandeiras Atacadão ou Sam’s Club.

As demais lojas serão convertidas para a bandeira de hipermercado Carrefour.

O negócio foi avaliado em R$ 7,5 bilhões.

União de gigantes

O Grupo BIG é o terceiro maior varejista de alimentos do País e possui 387 lojas, 41 mil funcionários, presença em 19 estados brasileiros e registrou R$ 24,9 bilhões em vendas brutas em 2020, a um valor de R$ 7,0 bilhões.

Já o Carrefour Brasil conta atualmente com 489 lojas no País.

A aquisição ampliará a presença do Carrefour Brasil e a combinação criará um grupo com vendas brutas de cerca de R$ 100 bilhões e aproximadamente 137.000 funcionários atuando em todos os formatos, destacou o comunicado oficial de compra.