Um projeto de lei prevendo a proibição da venda de veículos movidos a combustíveis fósseis em 2030 e da circulação dos mesmos a partir de 2040 foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado nesta quarta-feira.

O projeto, de autoria do senador Ciro Nogueira (PP-PI), argumenta que já existe tecnologia para substituir a gasolina e o diesel, responsáveis por um sexto das emissões de dióxido de carbono na atmosfera, que leva ao aquecimento global.

O projeto segue na tendência de outros países, segundo o senador. "O Reino Unido e a França querem proibir a venda de veículos movidos a combustíveis fósseis a partir de 2040, a Índia, a partir de 2030, e a Noruega, já em 2025", informou o senador ao site UOL.

A aprovação na CCJ não significa que o projeto esteja em vigor, apenas que a comissão não o considerou anticonstitucional. Agora, o projeto segue para a comissão de Meio Ambiente da casa, antes de ser levado a plenário.

O projeto abre exceção para veículos oficiais e diplomáticos, itens de coleção e veículos de estrangeiros, que mesmo com o veto poderão continuar a circular pelo país.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul