Considerada a última data significativa para o varejo antes do Natal, a Black Friday deste ano, que acontece oficialmente na sexta-feira (27), deve ser positiva para o comércio, mesmo com os efeitos negativos da pandemia de Covid-19.

Segundo pesquisa encomendada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), em parceria com a Offer Wise Soluções em Pesquisa, 61% dos entrevistados afirmam que pretendem fazer compras na Black Friday esse ano, um crescimento de 24% em relação ao ano passado.

Considerando apenas os consumidores que farão compras na Black Friday, 63% justificam dizendo que este é um momento oportuno para comprar produtos que estão precisando com preços mais baixos, ao mesmo tempo, 37% afirmam que irão aproveitar para antecipar as compras dos presentes de Natal em promoção.

A expectativa de aumento das vendas também aparece na pesquisa.

Um terço daqueles que estão dispostos a comprar na Black Friday afirmam que pretendem adquirir mais produtos que em 2019 (34%), ao passo em que 29% querem comprar um número menor de itens e 23% a mesma quantidade.

Mesmo assim, a pesquisa mostra que o consumidor está cauteloso, uma vez que 36% pretendem gastar menos este ano, enquanto 29% irão desembolsar o mesmo valor e 27% planejam gastar mais.

Expectativa no comércio local

Aproveitando o momento, a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Jaraguá do Sul está realizando uma campanha específica para alavancar as vendas de Black Friday no comércio local.

A iniciativa acontece ao longo desta semana e, até 28 de novembro, os lojistas vão trabalhar com o mote da campanha oferecendo promoções e descontos.

Conforme a presidente da entidade, Talita Beber, é importante ressaltar que, no dia 28, o comércio jaraguaense terá horário de atendimento ampliado, ficando aberto até 17h.

“Entendemos que a Black Friday é uma data com bastante potencial de vendas, já que vem crescendo significativamente e tendo mais força a cada ano”, destaca.

A CDL ainda enfatiza a importância de a comunidade e os lojistas em manterem os cuidados com higiene e segurança contra a pandemia do coronavírus.

Entre as medidas recomentadas está o uso de máscara de proteção, higienização das mãos com álcool em gel ou água e sabão, manutenção do distanciamento de, no mínimo, um metro. Além disso, os locais devem estar sempre arejados.

Segundo Talita, o comércio tem oferecido diferentes modalidades de compra para garantir mais segurança aos consumidores, inclusive, com a possibilidade de agendamento.

Outra opção é o drive thru (retirada) e o delivery (entrega), no qual os clientes podem consultar as lojas que aderiram à ideia no site cdljaraguadosul.com.br/jaraguaentrega.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul