O grupo Inditex, dona da Zara e Massimo Dutti, anunciou, nesta quarta-feira, um prejuízo de 409 milhões de euros (R$ 2,239 bilhões), no trimestre de fevereiro a abril, e uma queda de 44% das receitas, como consequência do período de isolamento social decorrente da pandemia do coronavírus Covid-19.

Como o prejuízo histórico, a Inditex pretende fechar até 2021 entre 1000 a 1200 lojas, das quais 250 a 300 estão localizadas em Espanha, segundo o jornal El Mundo.

O plano do grupo passa por fechar as lojas mais pequenas e abrir espaços maiores, mais modernos e com uma forte componente digital - serão 450, diz o jornal espanhol. Aliás, acelerar a digitalização e a reestruturação da rede comercial é outro dos objetivos da dona da Zara.

Segundo a informação enviada hoje à CNMV (Comissão Nacional do Mercado de Valores) espanhola, a empresa galega registra pela primeira vez na história um trimestre de prejuízo, depois de ter obtido um lucro de 734 milhões de euros (R$ 4,15 bilhões) no primeiro trimestre fiscal de 2019.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul