Com investimento de R$500 mil, fábrica de SC revitaliza áreas de lazer e anuncia minimercado para os colaboradores

Divulgação/Grupo Marlan

Por: Pedro Leal

23/11/2023 - 08:11 - Atualizada em: 23/11/2023 - 08:34

O grupo Marlan anunciou o investimento de R$ 500 mil para oferecer mais comodidade e espaços ainda mais confortáveis para os seus mais de 180 funcionários. Referência em moda infantil em todo o país por meio das marcas Marlan, Milli&Nina e Ioluigi e com foco em humanização, a fabricante revitalizou a fachada, investindo em iluminação e áreas verdes.

Outra novidade que deve ser implementada no próximo Janeiro é o Marlan Market, um minimercado na área externa, próximo as mesas de sinuca e ping pong. No total, são 1350 m2 de espaços que podem ser utilizados pelos colaboradores nos horários de intervalo, como uma biblioteca com mais de 300 exemplares disponíveis e quadra esportiva.

“Nossos colaboradores passam mais tempo aqui do que em suas casas e por isso estamos em uma busca constante por oferecer para eles um ambiente que seja uma extensão de seus lares. Queremos que nos momentos de intervalo eles possam relaxar e descansar um pouco. A gestão de pessoas é uma das nossas grandes preocupações e faz parte das diretrizes da empresa”, afirma a coordenadora de RH do Grupo Marlan, Sonali Tefili.

Grupo Marlan recebe certificação GPTW

Pela terceira vez consecutiva, o Grupo Marlan conquistou o certificado internacional Great Place To Work, consultoria global que avalia uma série de critérios relacionados ao ambiente de trabalho, clima organizacional e gestão de pessoas. Para a conquista do certificado, a organização teve uma adesão de quase 80% dos colaboradores na pesquisa que ficou no ar por 15 dias para obter um feedback sobre o ambiente de trabalho.

O GPTW analisa 5 dimensões que compõem a cultura de confiança da empresa. São eles: a credibilidade dos líderes, o respeito no tratamento dos colaboradores, a imparcialidade dos líderes, o orgulho do colaborador em pertencer a empresa e a camaradagem entre os indivíduos e a equipe. Entre os principais motivos apontados para permanecer na empresa estão: a oportunidade de crescer e se desenvolver (31%) e o fato de proporcionar o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal (28%).