Pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) investigou hábitos relacionados ao consumo e economia de dinheiro do consumidor brasileiro. Os dados mostram que 33% desses consumidores compra sem necessidade, motivados por promoções, especialmente entre as classes C, D e E (35%). O comportamento também aparece com mais frequência  entre as mulheres (38%) e as pessoas de 18 a 34 anos (42%). Outro dado mostra que 22% afirmam ter esse comportamento na maioria das vezes. Ainda com relação a práticas consumistas, 42% dos consumidores que responderam à pergunta que costumam comprar parcelado para conseguir comprar tudo o que querem, enquanto quatro em cada dez (40%) não procuram meios alternativos para economizar em saídas ou baladas, como reuniões em casa ou na casa de amigos.  A pesquisa entrevistou 606 consumidores acima de 18 anos, de ambos os gêneros e de todas as classes sociais nas 27 capitais.