Itajaí registrou no mês de março a maior valorização no preço de venda dos imóveis residenciais no Brasil. O índice FipeZap contabilizou a variação mensal de 1,56%, a maior entre as 50 cidades integrantes da análise. No último trimestre, Itajaí foi a segunda melhor cidade do país, com 3,78% (média mensal de 1,26%). Já na variação dos últimos 12 meses, os imóveis registram alta de 9,53%.

O município está acima da média nacional em todos os itens já citados, com destaque para o somatório anual. Enquanto Itajaí chegou a 9,53% de valorização nos imóveis, a média das 50 principais cidades no Brasil ficou em 3,99%, quase um terço do índice municipal.

As cidades de Florianópolis, Balneário Camboriú, Blumenau, Itapema, Joinville e São José também participam do acompanhamento mensal. Além do melhor resultado em março do país, Itajaí conta com os maiores índices registrados em 2021 entre as sete cidades catarinenses listadas.

 

"Os imóveis valorizados são um reflexo de uma economia diversificada alimentada por mão de obra qualificada. Grandes empresas, bons empregos e um poder público atuante e preocupado com o futuro da cidade são combustível para um mercado imobiliário em alta", afirma o prefeito Volnei Morastoni (MDB).

 

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Giovani Testoni, corrobora com esta avaliação. Para ele, os resultados são fruto do bom desempenho econômico da cidade e dos investimentos aportados pela Prefeitura.

 

“O nosso Porto é o principal responsável pelo crescimento econômico dos últimos anos, mas o trabalho da gestão municipal em buscar soluções e investimentos complementa essa conta. Prova disso é que, mesmo em um ano com todas as dificuldades impostas pela pandemia do coronavírus, Itajaí segue crescendo em todos os índices econômicos”, enfatiza.

 

Outro fator elencado é a implantação do sistema de licenciamento de obras e ambiental para acelerar a tramitação dos processos e aquecer o mercado imobiliário.

Variação do preço de venda de imóveis nas cidades de SC em março de 2021

  • Itajaí: +1,56%
  • São José: +1,13%
  • Itapema: +1,10%
  • Florianópolis: +0,82%
  • Balneário Camboriú: +0,52%
  • Blumenau: +0,36%
  • Joinville: +0,30%

Sobre o Fipe Zap

O Índice FipeZap de Preços de Imóveis Anunciados foi criado em 2010. É o primeiro indicador de acompanhamento da evolução dos preços no mercado imobiliário brasileiro. Todos os meses são coletados milhões de anúncios de venda e locação, para imóveis residenciais e comerciais. Os dados recebem tratamento estatístico e depois são calculados os preços representativos de cada uma das cidades e os valores do índice.