Iniciativa que mobilizou esforços da iniciativa privada, poder público e entidades da sociedade civil, a chegada da tecnologia 5G a Jaraguá do Sul já deve começar em agosto - e para viabilizar que o município receba a conexão por internet de última geração, a Prefeitura fará a instalação de antenas para a recepção do sinal no bairro Três Rios do Sul, nas proximidades do Centro de Inovação - Novale Hub.

O anúncio feito nesta segunda-feira (18) é resultado da ação que desde meados de 2021 buscou integrar Jaraguá do Sul ao projeto Conecta 5G, do Ministério das Comunicações. Em julho do ano passado, a Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (Acijs) promoveu encontro de entidades como CDL, Fiesc, Católica de Santa Catarina e Novale Hub, juntamente com a Prefeitura e Câmara de Vereadores, com representantes da Anatel – Agência Nacional de Telecomunicações e da ABDI – Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial para pleitear que o município fosse incluído no plano nacional como uma das primeiras cidades do País a receber a nova tecnologia.

No encontro, as entidades posicionaram a importância da conexão de alta velocidade para a gradativa transformação digital de Jaraguá do Sul, com a integração de plataformas de serviços públicos, e de áreas como trânsito, segurança pública, saúde e educação, apoiadas na tecnologia 5G, como um passo para que o município seja reconhecido no conceito de cidade inteligente, ou “Smart City”.

Considerando que as duas instituições estão à frente do programa nacional de transformação digital no setor produtivo e nas cidades, a articulação de Jaraguá do Sul, por meio de suas entidades, foi bem recebida pelas diretorias da ABDI e da Anatel. No encontro, foram relatadas todas as experiências que Jaraguá vem adotando seja no campo da inovação na indústria, no comércio e na administração pública, organizadas em um amplo projeto que busca integrar todas essas frentes com o objetivo de levar o município a alcançar indicadores ainda mais positivos na qualidade de vida da população, por meio de serviços públicos com mais eficiência, e um ambiente favorável para o crescimento da cidade com sustentabilidade econômica, social e ambiental.

Como resultado deste pleito, e de compromissos assumidos pelo município (Prefeitura e Câmara de Vereadores), em dezembro do ano passado Jaraguá do Sul seria anunciada como a primeira cidade de Santa Catarina a receber a nova tecnologia pelo Ministério das Comunicações durante evento nacional de lançamento do Conecta 5G. Dentre esses compromissos, estão a aprovação da Lei 8947/2021, denominada “Lei das Antenas", de revisão de legislação de 2020 com a inclusão da estrutura necessária para a implantação do novo sistema, e a aprovação da Lei 8.746/2021 que criou o Sandbox Regulatório, permite ao município estruturar um ambiente de desenvolvimento e de aplicação na área da inovação.

Para o prefeito Jair Franzner a escolha de Jaraguá do Sul evidencia o perfil empreendedor do município. “Estamos nos preparando para extrair o melhor do 5G para melhorar ainda mais os serviços aos munícipes, como é o caso dos semáforos inteligentes, o sistema de ensino às nossas crianças, os serviços de saúde, o gerenciamento de obras e tantos outras áreas que hoje já estão de uma maneira ou outra conectadas e terão melhoria significativa”, concluiu.

Para o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação da Prefeitura de Jaraguá do Sul, Daniel Arruda, o primeiro impacto da entrada da tecnologia 5G será nas indústrias do município, que poderão otimizar seus processos produtivos, tornando-as mais competitivas no mercado. “Outro enfoque importante é na atração de novas empresas de alta tecnologia e demais atividades para Jaraguá do Sul, potencializando ainda mais o setor industrial que já é muito forte e que conta inclusive com multinacionais”, apontou.