Em entrevista coletiva online na manhã desta segunda-feira (11), o grupo Celesc destacou os resultados do primeiro trimestre do ano, com alta na performance e na estabilidade do serviço acompanhando a alta no consumo - particularmente na segunda metade de março, que registrou uma alta de 14% em comparação com o mesmo período do ano passado, em decorrência do isolamento social. O presidente da Celesc Cleicio Poleto Martins, destacou as questões em coletiva de imprensa online na manhã de segunda-feira (11).

O indicador DEC, que mede o tempo médio que cada consumidor ficou sem luz, foi de 2,1 horas no trimestre. O desempenho demonstra uma melhoria no indicador de 40% em relação ao registrado no mesmo período de 2019. Enquanto isso, o FEC, que mede o número médio de vezes que os consumidores ficaram sem energia elétrica somou 1,6 vezes, desempenho 30,4% melhor quando comparado ao mesmo período de 2019.

Apesar da estabilidade registrada no primeiro trimestre, a alta no consumo preocupa: os resultados são de antes da quarentena, e antes do aumento de consumo elétrico das residências, com mais catarinenses em casa, por mais tempo.

A Celesc formou um Comitê de Crise em resposta à situação de pandemia e suas possíveis implicações para sua operação, considerando o Decreto Estadual nº 515, de 17 de março de 2020, que decretou a situação de emergência no território catarinense. A Companhia divulgou resolução com uma série de medidas de caráter preventivo. A empresa tem adotado também medidas de proteção ao caixa.

Entre os investimentos realizados no período, destaque para a energização da nova subestação de energia elétrica SE São José/Real Parque. Os investimentos incluem as obras em execução da Linha de Distribuição Videira - Fraiburgo e Tijucas - Porto Belo, SE Chapecó/Santo Antônio, SE Palhoça/Caminho Novo, SE Itapema e mais 17 ampliações e melhorias. A Celesc continua instalando religadores, com o propósito de automatizar ainda mais as redes de distribuição, minimizando as interrupções de energia elétrica.

Indicadores da FGV se agravam

Os dois indicadores do mercado de trabalho da Fundação Getúlio Vargas (FGV) apresentaram piora em abril, devido às incertezas provocadas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp), que busca antecipar tendências com base em entrevistas com consumidores e empresários da indústria e dos serviços, caiu 42,9 pontos de março para abril. Já o Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) subiu 5,9 pontos em abril, para 98,4 pontos - neste, quanto maior o valor, mais negativa a avaliação.

Lazer foi o mais afetado pela crise

Um estudo de movimentação de empregados da startup de logística Cobli aponta que as atividades ligadas ao lazer foram as mais prejudicadas pela pandemia. A análise, publicada na primeira semana de abril, levou em conta a movimentação de veículos de pequenas e de médias empresas de todo o país. A distância percorrida somou 13,88 milhões de quilômetros, queda de 25% em relação à semana anterior. A comparação por setores, no entanto, mostra que alguns segmentos são bem mais afetados que outros. A área de arte, cultura, esporte e recreação teve o maior impacto, com queda de 77% na movimentação dos empregados.

Avianca entra com pedido de recuperação judicial

A empresa aérea colombiana Avianca Holdings entrou com pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos. Em nota, afirmou que os impactos financeiros trazidos pela pandemia do novo coronavírus a fizeram apresentar o pedido no Tribunal de Falências dos Estados Unidos. Segundo a nota, o pedido foi feito para reorganizar e preservar os negócios da Avianca enquanto a companhia enfrenta os impactos da pandemia de Covid-19.

Enem

Nesta segunda-feira (11), foram abertas as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. O prazo segue até o dia 22 de maio. Elas poderão ser feitas por meio da página do Enem na internet.

A partir deste ano, o Enem terá duas modalidades de provas, as impressas, com aplicação prevista para os dias 1º e 8 de novembro, e as digitais, para os dias 22 e 29 de novembro.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul