A CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Jaraguá do Sul promoveu na última semana mais uma plenária mensal.

Dessa vez, por causa das recomendações de isolamento social, a reunião foi realizada de forma online, no canal da entidade mantido no YouTube.

Na pauta, estavam as ações da CDL para o enfrentamento da Covid-19 e o fortalecimento do comércio local.

Conforme a presidente da entidade, Talita Beber, a CDL tem feito tudo o que está ao alcance para colaborar com os lojistas neste momento atípico.

Entre as iniciativas, está a participação ativa no Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde do Covid-19 de Jaraguá do Sul, que reúne outras entidades e também profissionais do setor público. Diariamente, o grupo realiza reuniões para traçar o panorama atual e discutir possíveis soluções.

Além disso, a CDL tem apresentado as demandas locais ao governo do Estado e deputados e, ainda, mantendo contato com a FCDL (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas).

Outra iniciativa destacada pela diretoria durante a plenária, foi a criação do Jaraguá Entrega, plataforma de delivery que já cadastrou mais de 200 empresas.

Segundo a vice-presidente Vergimari Rodrigues Simões Pires, ela se uniu ao projeto Jaraguá Mais Solidária estimulando os clientes a doarem itens de alimentação, higiene e limpeza.

“Ao receber as compras pelo Jaraguá Entrega, os consumidores podem repassar aos entregadores as doações”, explica.

Outra preocupação da diretoria da CDL, neste momento, diz respeito aos débitos dos lojistas junto ao poder público.

Por isso, já está confirmada as prorrogações de pagamentos de tributos como IPTU e taxas do alvará sanitário, além da diluição das parcelas de ISS de abril e maio nas parcelas entre os meses de agosto e novembro de 2020.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul