Com o recebimento da primeira parcela do 13º pelos trabalhadores no final de novembro, a temporada de vendas de Natal tem início, e em 2018, as expectativas são positivas, segundo avalia o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Jaraguá do Sul. O horário especial começa já nesse fim de semana, o primeiro de dezembro.

Mas enquanto o 13º não vem, o ritmo segue lento, afirma Marta Arendt, gerente da Bella Bolsas. "Em dezembro costumamos ter boas vendas, bastante gente vem aqui para comprar presentes, agora estamos esperando o décimo para termos este movimento", conta.

Ela destaca que o mês de novembro foi marcado por um movimento mais lento na loja e que dezembro promete recuperação.

Marta Arendt está confiante nas vendas de dezembro | Foto Eduardo Montecino/OCP News
Marta Arendt está confiante nas vendas de dezembro | Foto Eduardo Montecino/OCP News

"As pessoas estavam mais focadas e gastando mais na Schützen, então no mês não tínhamos muito movimento", acredita ela. Além das vendas de Natal, Arendt conta com um impulso extra em janeiro, com as vendas de volta às aulas.

Segundo pesquisa da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de SC (FCDL/SC) junto a associados das 20 cidades de maior potencial econômico do estado, para 71% dos consultados a expectativa é que as vendas para a data sejam maiores do que no ano anterior.

Para 48,28% o crescimento deve ser de até 5%, enquanto 28,28% são ainda mais otimistas e acreditam em 10%.

O valor médio das vendas, na avaliação dos associados consultados, deve ficar em R$ 235,71, 25% a mais do que os R$ 187,83 registrados no ano anterior.

Os itens mais procurados devem ser vestuário (37,24%), seguidos de acessórios (15,17%) e calçados (10,34%). O parcelamento, acreditam os lojistas, continuará sendo a opção preferida, chegando a 85,51%.

Como forma de ampliar as vendas, estratégias como promoções (30,34%), campanhas (24,14%) e sorteios (22,76%), estão entre as ações desenvolvidas pelo comércio catarinense.

Para contribuir com essas iniciativas a FCDL/SC disponibiliza material promocional para a data, além de oferecer aos seus associados plataforma eletrônica para gestão de sorteios.

Com base nos resultados eleitorais e na retomada econômica, outro dado positivo é o otimismo apontado pelos empresários consultados.

O dado foi incluído no levantamento para projetar a expectativa do varejo catarinense. O resultado indicou que, na avaliação de 87,59%, o ano de 2019 será melhor para o comércio.

Horários do comércio para o fim de ano

  • 1º de dezembro - Sábado Legal: 8h30 às 17h;
  • 2 de dezembro: fechado;
  • 3 a 7 de dezembro: horário normal;
  • 8 de dezembro: das 8h30 às 17h;
  • 9 de dezembro: 16h às 20h;
  • 10 a 14 de dezembro: 8h30 às 20h;
  • 15 de dezembro: 8h30 às 17h;
  • 16 de dezembro: 16h às 20h;
  • 17 a 21  de dezembro: 8h30 às 21h;
  • 22  de dezembro: 8h30 às 17h;
  • 23 de dezembro: 16h às 20h;
  • 24 de dezembro: 8h30 às 13h;
  • 25 de dezembro: fechado;
  • 26 de dezembro: fechado;
  • 27 e 28 de dezembro: 8h30 às 19h;
  • 29  de dezembro: 8h30 às 13h;
  • 30 de dezembro: fechado;
  • 31 de dezembro: fechado;
  • 1º de janeiro: fechado.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?