O empresário catarinense Glauco José Cortê assumirá dia 3 de novembro a presidência da Confederação Nacional da Indústria, em razão de viagem ao exterior do presidente Robson Braga de Andrade.

Cortê permanecerá no comando da CNI até o dia 26 de novembro.

Neste período vai presidir também como diretor do Departamento Nacional do Sesi, presidente do Conselho Nacional do Senai e do Instituto Euvaldo Lodi.

Ele já havia assumido interinamente a função em abril de 2019, também por razão de viagem do então presidente Paulo Ferreira.