Um resort temático e sustentável, com previsão de aporte de R$ 500 milhões, será construído na região de Campo Alegre, no Planalto Norte catarinense.

A expectativa é de que o empreendimento gere cerca de 270 empregos diretos e indiretos.

 

 

Com uma área de aproximadamente 2 milhões de metros quadrados, o empreendimento buscará recriar a época medieval e contará com dois hotéis, um SPA, um observatório estelar, 16 lojas comerciais em uma vila medieval, uma igreja e um centro corporativo com anfiteatro para eventos.

O projeto prevê atrações como: esqui, patinação no gelo, trenó de montanha, tirolesa, arborismo, trilhas de caminhada e de mountain bike, entre outras atividades.

Sócio e um dos idealizadores do projeto, Hildemar Alves da Motta explica que criou o resort temático com objetivo de levar pessoas à região, oferecendo algo inovador e que tivesse um grande apelo popular.

Sustentabilidade

De acordo com o projeto, o resort preservará 100% da mata nativa, as construções serão feitas em área rochosa onde não há crescimento de árvores, e haverá produção de energia eólica. Além disso, o transporte dos hóspedes pelo resort será feito por meio de bondinhos elétricos terrestres.

Todo o lixo orgânico gerado no empreendimento será destinado à compostagem e o insumo reciclável destinado a entidades sociais no município de Campo Alegre.

Arte BHB S/A

As madeiras usadas nas instalações são cernes de árvores caídas na floresta do empreendimento. Após serem retiradas conforme a legislação, elas são tratadas e aplicadas na decoração.

A expectativa é de que, um ano antes da inauguração, o resort ofereça cursos profissionalizantes gratuitos no setor de turismo para moradores de Campo Alegre e região.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp