Uma parceria firmada entre a Caixa Econômica Federal, a Associação Brasileira de Franchising (ABF) e a seccional regional do Rio de Janeiro da entidade (ABF Rio) vai apoiar financeiramente o setor de franquias nacional, que tem enfrentado prejuízos significativos devido à pandemia do novo coronavírus.

O acordo começou a ser construído há 60 dias, na fase mais aguda da crise, e deverá atender, em especial, os micro e pequenos franqueados, que constituem a maioria do sistema de franquias do país, disse nesta quinta-feira (18) à Agência Brasil o vice-presidente da ABF, Antonio Moreira Leite.

A partir da análise dos dados dos franqueados e franqueadores, a Caixa pôde fazer um rating (classificação) de crédito e prover um crédito assistido para os diversos segmentos do franchising.

Moreira Leite explicou que isso não significa apenas o micro e pequeno empresário ter acesso ao crédito, mas contar com assistência de técnicos da Caixa para que a utilização dos recursos seja bem direcionada para a preservação dos negócios. Lembrou que o sistema de franchising é um empreendedorismo assistido.

Com o acordo, criou-se um fluxo de atendimento específico para as franquias associadas à ABF, onde os franqueados, por meio de seus franqueadores, têm acesso ao portal da Caixa, onde todo o fluxo de cadastramento de dados é feito digitalmente e a Caixa direciona os gerentes para atendimento aos franqueados.

Foram criadas linhas específicas de financiamento para o franchising, informou o vice-presidente da ABF.

Uma dessas linhas tem custo médio de 0,83% ao mês, atrelado à Taxa de Referência (TR), prazo de pagamento de 60 meses e três meses de carência.

Essa linha é destinada a empresas com faturamento anual acima de R$ 360 mil.

Outra linha de crédito pré-fixada, voltada a micro e pequenas empresas (MPEs) tem juros a partir de 1,40% ao mês, prazo de 48 meses e carência automática de três meses.

O pacote de benefícios inclui também Cartão Empresarial com isenção da primeira anuidade; Cheque Empresa com taxa de 8,9% ao mês; capital de giro com 28% de desconto em relação à taxa de balcão e desconto de 50% durante seis meses na adesão à Cesta de Serviços nova ou expansão de cesta existente.

A concessão dos recursos é sujeita à análise de crédito.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul