Os cerca de 600 colaboradores da empresa jaraguaense Bold receberam, em fevereiro, o pagamento referente ao programa de Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

O valor de R$ 1,5 milhão foi distribuído proporcionalmente, conforme o salário de cada trabalhador.

O montante é resultado de um crescimento de 40% em 2021, 11% acima da meta estabelecida para o período. De acordo o CEO da Bold, Ralf Benedito Sebold, o amplo desenvolvimento registrado se deve ao comprometimento dos colaboradores com a missão e valores da marca.

“Essa é uma conquista de todas as nossas unidades, que trabalham com empenho e dedicação para que possamos crescer juntos”, aponta.

Entre os diferenciais do grupo, o CEO destaca a valorização do cliente, colocando-o no centro das ações da empresa, o foco nas pessoas, a inovação, sustentabilidade e eficiência.

Em 2021, além de completar 20 anos de fundação, a jaraguaense ampliou a unidade matriz, expandiu a capacidade produtiva da Fábrica de Chapas Acrílicas, investiu mais de R$ 30 milhões em inovação, inaugurou um Centro de Negócios na Ásia e impulsionou o processo de internacionalização, com 15% da receita total proveniente do mercado externo.

O grupo ainda revitalizou a unidade de Belo Horizonte, abriu a terceira loja na Colômbia e a primeira em Chapecó (Oeste catarinense), lançou o projeto Unibold, voltado ao treinamento de colaboradores com técnicas em programação neolinguística, e marcou presença em grandes eventos, como a Stock Car.