O Beto Carrero World planeja investir cerca de R$ 60 milhões em infraestrutura e novas atrações nos próximos três anos. A ampliação faz parte de uma série de ações preparadas em comemoração aos 25 anos do parque, fundado em 28 de dezembro de 1991 e considerado o maior parque temático da América Latina. No último ano, mais de dois milhões de visitantes passaram pelo local, um crescimento de 10% em relação à temporada anterior. De acordo com a assessoria de imprensa do Beto Carrero World, o último investimento feito pelo parque foi na área temática de Madagascar, em parceria com a DreamWorks, que conta com aproximadamente 25 mil metros quadrados e recebeu R$ 15 milhões em recursos. “Diariamente são aplicados investimentos no parque. Todas as áreas e atrações passam por constantes reformas, com a finalidade de manter sempre a segurança e a beleza do lugar”, informou, por nota, a assessoria. Dentre as ações planejadas em comemoração aos 25 anos do parque, ganha destaque o Museu a Céu Aberto da Tartaruga Marinha, um projeto desenvolvido em parceria com o Projeto Tamar de proteção. A nova ala do parque irá contar com centros de pesquisa avançados, mini sala de cinema, loja, espaço cultural, tanques e aquários. Até hoje, o Projeto Tamar é responsável por devolver mais de 25 milhões de tartarugas ao mar. Por enquanto, ainda não há data prevista para a inauguração do novo espaço. Dividido em nove áreas temáticas, o Beto Carrero World abrange uma área de 14 mil metros quadrados e foi reconhecido, por três anos consecutivos, com o melhor Parque Temático da América do Sul pelo Traveler’s Choice, além de ser considerado o 10º Melhor Parque Temático do Mundo. Atualmente, o parque conta com uma equipe de cerca de 1.200 colaboradores, responsáveis pela manutenção de aproximadamente 100 atrações e do zoológico com mais de mil animais de 300 espécies.