Por Kamila Schneider Com um superávit de US$ 349 mil, Massaranduba obteve o melhor resultado comercial entre os outros quatro municípios da região em abril, indicam os dados do MDIC. O montante é a diferença entre US$ 366,9 mil em exportações e US$ 17,8 mil em importações e corresponde a um incremento de 64,1% na comparação com o mesmo período do ano passado. Entre janeiro e abril, a balança comercial de Massaranduba acumula um saldo de US$ 883,6 mil. Para se ter uma ideia, o montante é maior do que o registrado durante todo o ano de 2016, período em que acumulou saldo de US$ 833,9 mil. O principal produto exportado pelo município foram os tratores com 41,85% do total de vendas feitas ao exterior. Leia mais: Balança recua 0,8% e tem índice mais baixo para abril em 11 anos   Em Corupá, a balança comercial fechou o mês de abril com superávit de US$ 106,7 mil, um incremento de 22%. Já em Guaramirim, a atuação no comércio internacional gerou superávit de US$ 40,8 mil, resultado bastante inferior ao observado no mesmo mês do ano passado, quando o superávit foi de US$ 295,8 mil. Schroeder foi o único município de toda a microrregião em que as importações superaram as exportações em abril - segundo o MDIC, a cidade fechou o mês com déficit de US$ 292,9 mil. O montante é a diferença entre US$ 128,5 mil em exportações e US$ 421,4 mil em importações. O principal insumo adquirido pela indústria local são os fios de fibra sintéticas.