Uma empresa catarinense de tecnologia e assessoria de negócios foi comprada pela B3 - a Bolsa de Valores oficial do Brasil - pela soma de R$ 1,8 bilhão. As informações são do site Infomoney. Esta é a maior operação de compra feita pela B3.

Trata-se da Neoway, de Florianópolis, especializada em big data analytics e inteligência artificial para negócios. O fechamento da operação ainda está sujeito a aprovação pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e pelo CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

A confirmação foi divulgada pelo site “Infomoney”. A B3 confirmou a operação nesta terça-feira.

Fundada em 2002 pelo empresário Jaime de Paula, a Neoway é uma das maiores empresas de big data analytics e inteligência artificial para negócios da América Latina.

A empresa oferece soluções que geram maior produtividade e precisão na tomada de decisão em vendas e marketing, crédito, prevenção à fraudes, Compliance e inteligência jurídica.

Atualmente, a empresa tem mais de 450 funcionários em três escritórios, mais de 500 clientes, e tem receita líquida projetada de R$ 190 milhões para 2022.

Segundo comunicado, a aquisição está em linha com a estratégia da B3 de desenvolver produtos de dados e analytics para os mercados financeiro e de capitais, bem como de crédito e varejo, atendendo tanto clientes financeiros quanto clientes de outros mercados.

O Bradesco BBI diz que a compra da Neoway de 9,5 vezes o valor da firma (EV em inglês) sobre vendas é razoavelmente acima daquele pago por outras empresas de software ou tecnologia.

Mesmo assim, o banco diz que vê a transação como positiva do ponto de vista qualitativo.