Sem caminhões na estrada por
11 dias, empresas reduziram
volume de exportações em maio

Sem caminhões na estrada por 11 dias, empresas reduziram volume de exportações em maio

A balança comercial registrou fortes impactos negativos no mês de maio, decorrência dos 11 dias de paralisação do transporte rodoviário. A mobilização interrompeu diretamente a logística das exportações, e indiretamente na forma da crise de abastecimento que ainda traz impactos para a indústria e do enfraquecimento do real, com prejuízo para todos os setores da economia.

Em Jaraguá do Sul, as exportações registraram queda de quase 40% em comparação com maio do ano passado.

Ao todo, foram US$ 37,251 milhões em exportações pelo município, com US$ 25,083 milhões em importações - aumento de 0,83% em comparação com o mês anterior, encerrando maio com saldo positivo, de US$ 12,164 milhões. No entanto, este saldo é consideravelmente pior do que os registrados desde fevereiro - e que dos meses de 2017, salvo por janeiro.

Enquanto o primeiro mês do ano registrou saldo negativo, de US$ 1,745 milhão, o saldo de fevereiro, março e abril ficou consistentemente acima dos US$ 25 milhões. O resultado entre exportações e importações em maio foi quase 64,3% abaixo do saldo do mesmo mês de 2017.

O panorama de exportações do município segue fortemente dependente da indústria, com bens de capital respondendo por 92,89% das exportações jaraguaenses até o mês de maio, acumulando nos primeiros cinco meses do ano um total de US$ 211,4 milhões em exportações no segmento. Esse montante, no entanto, é 4% menor do que no mesmo período de 2017.

Enquanto isso, as importações seguem puxadas por insumos industriais, responsáveis por 45,07% do volume de importações até o mês de maio. Os bens de consumo respondem por 20,65% das importações registradas em 2018, enquanto bens de capital representam 33,59% do volume.

Impactos em SC foram menos expressivos

Com um total de US$ 647,08 milhões em exportações e US$ 1,138 bilhão em importações, Santa Catarina registrou queda significativa nas exportações. O resultado ficou 19,4% menor do que em maio de 2017 e  6,71% menor do que em abril deste ano.

Já as importações aumentaram 20,4% em comparação com maio de 2017 e 0,83% em comparação com o mês de abril deste ano. O saldo do estado ficou negativo, em US$ 492 milhões - resultado melhor do que o de abril, de US$ 580 milhões em déficit.

O presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Glauco José Côrte, sugere a abertura de crédito emergencial para as empresas que tiveram perdas. Os créditos seriam providenciados pelo BNDES e contratados através do BRDE e Badesc.

"O prazo de carência teria que ser suficiente para que as empresas tenham tempo de se recuperar dos grandes danos causados pelo referido movimento", diz.

O Radar Econômico deste mês mostrou os impacto da greve dos caminhoneiros na indústria de Santa Catarina. A pesquisa elaborada pelo Observatório da Indústria Catarinense da Fiesc com 905 empresas, nos dias 28 e 29 de maio, revelou que 86% delas foram muito ou quase que totalmente afetadas.

Os prejuízos financeiros também foram substanciais, cerca de 47% das empresas estimaram perdas acima de 20% do faturamento mensal.

A perda nacional de exportações no período da greve foi de 36%, segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) - a média diária de produtos vendidos ao exterior, que nas três primeiras semanas do mês de maio ficou acima de US$ 1 bilhão e caiu para US$ 642 milhões na última semana do mês.

Apesar destes fatores, o mês de maio registrou US$ 19,241 bilhões em exportações em todo o país, resultado 2,5% inferior ao do mês de abril, e 1,9% superior ao de maio de 2017. O resultado das importações foi 14,5% maior ao de maio de 2017, fechando o mês em U$ 13,260 bilhões.

Na comparação com abril, no entanto, houve queda de 3,8%. A queda é mais expressiva olhando para o saldo: com US$ 5,981 bilhões, o resultado de maio de 2018 foi 18,2% pior do que o de maio de 2017.

Balança Comercial

Maio de 2018

Jaraguá do Sul

  • Exportações US$ 37,251 milhões
  • Importações US$ 25,083 milhões
  • Saldo $ 12,164 milhões

Santa Catarina

  • Exportações US$ 647 milhões
  • Importações US$ 1,138 bilhão
  • Saldo US$ - 492 milhões

Brasil

  • Exportações US$ 19,241 bilhões
  • Importações US$ 13,260 bilhões
  • Saldo US$ 5,981 bilhões

-

Quer receber as notícias no WhatsApp?

Região de Jaraguá do Sul - Clique aqui

Região de Joinville - Clique aqui

Região de Florianópolis - Clique aqui