O fundador da Amazon, Jeff Bezos, deixará o cargo de CEO da companhia nesta segunda-feira (5) depois de 27 anos no comando da gigante do e-commerce.

Seu substituto será Andy Jassy, que atualmente comanda a Amazon Web Services (AWS), o setor de serviços de armazenamento e processamento de dados da empresa.

Ao anunciar sua saída do cargo, Bezos disse que teria mais tempo e energia para focar no jornal "Washington Post", do qual também é dono desde 2013, na Blue Origin e em suas entidades filantrópicas Day One Fund e Earth Fund.

Entre os planos para seu futuro, o bilionário vai participar de um voo espacial no próximo dia 20 de julho. Esta será a primeira viagem tripulada da Blue Origin, empresa aeroespacial de Bezos.

A troca na liderança foi anunciada em fevereiro, e a data oficial para a transição, de 5 de julho, revelada no final de maio. A data foi escolhida por marcar o aniversário de 27 anos da companhia, criada em 1994.

Bezos continuará na Amazon, mas ocupará o cargo de presidente-executivo do conselho.

Em 1º de julho, o empresário figurava como a pessoa mais rica do mundo no ranking de bilionários da Bloomberg, com fortuna estimada de US$ 199 bilhões.