A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, nesta terça-feira (17), o resultado da Revisão Tarifária Periódica da Celesc Distribuição S.A – distribuidora que atende a cerca de três milhões de unidades consumidoras catarinenses.

O órgão autorizou a empresa catarinense a reajustar a tarifa em 5,65%, em média. O percentual entre em vigor a partir do próximo domingo (22).

Pela decisão da Aneel, o percentual de 5,65% é o reajuste médio para os consumidores catarinenses ligados à Celesc. Para consumidores de baixa tensão (em geral, residências), o aumento médio é de 5,83%, e para os consumidores de alta tensão (em geral, empresas e indústrias), o aumento médio é de 5,34%.

Os fatores que mais impactaram para este resultado foram os custos com compra de energia e encargos do setor.

As revisões tarifárias estão previstas nos contratos de concessão e têm por objetivo alcançar o equilíbrio das tarifas com base na remuneração dos investimentos das empresas voltados para a prestação dos serviços de distribuição e a cobertura de despesas efetivamente reconhecidas pela Aneel.

O processo recebeu contribuições por meio da Consulta Pública nº. 026/2021 que contou ainda com uma sessão virtual no dia 10 de junho para discutir a Revisão Tarifária da empresa com a sociedade interessada.

Foram definidos também os correspondentes limites dos indicadores de continuidade de Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora – DEC e de Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora – FEC da distribuidora para o período de 2022 a 2026.