Começa a sair do papel um dos grandes objetivos sonhados pelo prefeito de Forquilhinha, José Claudio Goncalves, o Neguinho: o retorno dos voos comerciais ao Aerporto Dimício Freitas. Os recursos foram garantidos pelo Governo do Estado e a primeira licitação já contemplada.

Na última terça-feira (26) foi conhecida a empresa que venceu a licitação para as obras de melhorias na estrutura do aeroporto. "A empresa vencedora é de Curitiba e o valor desta licitação das obras físicas é de aproximadamente R$ 13 milhões. E temos ainda a parte de custos com a compra de equipamentos", afirmou o prefeito Neguinho.

O aeroporto passou por regularização operacional e com essa licitação receberá ações para corrigir falhas no pavimento da pista de pouso e decolagem e das pistas de taxiamento, assim como para adequar a sinalização e o cercamento.

O Governo do Estado também planeja implantar o sistema de Estação Meteorológica de Superfície Automática com Estação de Radiodifusão Automática de Aeródromo (EMS-A/ ERAA), com mais R$ 2,7 milhões em investimentos. "Paralelo a isso o Governo do Estado está com processo licitatório prestes a a ser lançado para compra de vários equipamentos que vão dar competitividade na questão de pousos e decolagens sobre neblina. Teremos uma condição privilegiada para conseguirmos a volta dos voos comerciais", completou o prefeito.

A previsão é assinar a ordem de serviço no fim de novembro e concluir a obra em junho de 2022.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp