A Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (Acijs) reuniu nesta quinta-feira (19) as lideranças dos Núcleos Empresariais da entidade, com o objetivo de alinhar as estratégias dos segmentos de negócios com as diretrizes definidas pela gestão 2022-2023.

No encontro, a vice-presidente para assuntos dos Núcleos Empresariais, Simone da Rosa, destacou a importância de fortalecer o trabalho de representação do setor produtivo por meio do planejamento e de uma comunicação assertiva.

Essa linha de atuação vem ao encontro do propósito da atual diretoria de dar ainda mais visibilidade aos Núcleos Empresariais, ampliando conexões entre as empresas, gerando negócios e estimulando o networking.

Dentre as ações visando maior integração, enfatizada aos representantes do Conselho de Núcleos Empresariais, está a organização de um calendário para que os eventos sejam planejados de maneira simultânea e valorizando as experiências de cada segmento.

No encontro houve ainda a apresentação da equipe da Acijs, desde a coordenação, consultorias, compras coletivas e marketing e comunicação, que trabalham em sinergia e visando o crescimento e a sustentabilidade do ecossistema associativo.

Fortalecer o associativismo e organizar a atividade produtiva por segmentos de atividades tem sido uma missão que os Núcleos Empresariais cumprem com extrema competência.

O projeto teve início em 1991, através de uma parceria entre a Fundação Empreender, Associações Empresariais e a Câmara de Artes e Ofícios de Munique e Alta Baviera, Alemanha, que transferiu tecnologia para o modelo de desenvolvimento das empresas de pequeno porte a partir da organização por segmentos econômicos. Jaraguá do Sul foi uma das primeiras cidades de Santa Catarina a aderir ao projeto.

Atualmente, a Acijs conta com 17 Núcleos Empresariais. Eles representam os segmentos de automecânicas, cervejarias, concessionárias de veículos, gastronomia, hospitalidade, loteadoras, metalmecânicas, panificação e confeitaria, transportadoras e terraplenagem, além de núcleos que agregam áreas afins nas empresas como gestão e qualidade, marketing e comunicação, saúde e bem-estar, segurança e saúde no trabalho, e voluntariado corporativo. Outros dois núcleos são representados por jovens empreendedores e por mulheres empreendedoras. Integrando as lideranças, o Conselho de Núcleos Empresariais.