A Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (Acijs) concluiu na quarta-feira (8) o primeiro ciclo do programa de Educação Empresarial iniciado em junho, com a entrega de certificados aos participantes e o reconhecimento da entidade a líderes que atuaram como mentores nesta etapa.

Para o presidente da Acijs, Luis Hufenüssler Leigue, o sucesso desta primeira edição do programa de Educação Empresarial vem ao encontro de um dos propósitos da entidade de atuar no apoio ao desenvolvimento econômico com sustentabilidade. O projeto, explica, envolve duas gestões da entidade, desde a sua concepção a partir de 2019, o planejamento e a estruturação.

“Tivemos no ano passado um programa-piloto com muito êxito e este resultado estimulou a atual diretoria a avançar com a ideia. É uma ação alinhada ao desenvolvimento dos negócios, do incentivo ao empreendedorismo e de fortalecimento do movimento associativo, com o surgimento de novas lideranças para as nossas entidades e, assim, ampliarmos a representação empresarial”, sublinha.

Leigue destaca a participação do time de mentores, formado por executivos de várias áreas, fundadores e CEOs de empresas da região, ao lado de ex-presidentes da entidade que integram o Conselho Superior da Acijs.

Adriana Stahelin, vice-presidente de Educação e Desenvolvimento Empresarial, reforça que um dos diferenciais é justamente a aproximação de empreendedores que estão iniciando seus projetos de negócio, ou mesmo aqueles que já atuam há mais tempo e desejam buscar mais conhecimentos, com gestores experientes.

"Essa é uma jornada contínua, de encontros que nos permite muitas vezes encurtar caminhos quando nos aproximamos de mentores que já passaram pelas mesmas dificuldades", observa a empresária, que lidera o programa na atual diretoria da Acijs depois de fazer parte do primeiro grupo de mentorados no programa-piloto realizado em 2020.

Ex-presidente da Acijs e uma das empresárias do time de mentores, Monika Hufenüssler Conrads, falou dos atributos necessários para que um empreendimento dê certo. "É preciso primeiro ter um sonho, mas junto com o sonho ter um projeto e vontade de trabalhar, ter persistência e uma boa dose de coragem. E por mais experientes que sejam, nunca deixem de aprender", ressaltou, ao lembrar características que associam o programa de educação empresarial à história empresarial de Jaraguá do Sul.

"O mundo atual é dinâmico, mas tem coisas que não mudam. Jaraguá sempre foi um terreno fértil para o empreendedorismo e potencial enorme de inspiração. Quando você empresta experiência, volta enriquecido", disse, em referência a empreendedores do município que iniciaram seus negócios décadas atrás e trocavam informações, gerando um conhecimento mútuo para a gestão de seus negócios. "Sempre existiu a ideia de que o conjunto é mais forte, e é isto que o programa de mentoria possibilita".

Neste primeiro ciclo, o programa envolveu a participação de mentorados de Jaraguá do Sul e de municípios da microrregião, que contaram com mentorias individuais. A próxima edição, que começa a ser planejada já no primeiro semestre de 2022, deverá contar com um grupo ainda maior de participantes. Os inscritos podem optar pelo programa completo ou seus módulos, de acordo com a orientação da equipe da ACIJS a partir da análise das informações.

O programa tem duração de 6 meses e é aberto à participação de interessados de qualquer região, em parceria com as associações empresariais de cada município. Interessados em obter mais informações podem acessar http://www.acijs.com.br/educacao/mentoria, pelo e-mail educacao@acijs.com.br ou pelo telefone (47) 3275-7010.