Para você que acredita que para abrir um negócio rentável é preciso investir muito dinheiro, nós trouxemos hoje algumas dicas de negócios com baixo investimento para começar. Você vai perceber que é possível começar de baixo e ir criando uma grande oportunidade de fazer muito dinheiro no futuro.

Vale lembrar que nenhum empreendimento é fácil e que o dinheiro ajuda muito a impulsionar o crescimento de um negócio. Ainda assim, existem outros recursos que podem ser utilizados para melhorar sua performance e ter um bom negócio.

Nós vamos começar mostrando 8 dicas de negócio que podem ser construídas com baixo investimento e depois discutir um pouco sobre o que faz estes negócios serem bons, como a escolha do empreendimento e como fazer este investimento pequeno render mais.

1 - Vender produtos como afiliado

Atualmente existem muitas plataformas que permitem o cadastro de pessoas para vender como afiliado. Isso significa que, toda vez que você faz uma venda, você ganha comissão sobre o produto vendido. Os produtos podem ser variados e vão desde cursos, e-books e outros produtos digitais até produtos físicos.

A partir daí existem várias formas de vender. Você pode se cadastrar em mais de uma plataforma, criar uma máquina de vendas e investir dinheiro nela para vender em escala e criar um negócio de alta rentabilidade.

O cadastro nas plataformas é gratuito, então você só precisa investir dinheiro caso queira criar uma estrutura maior de vendas, embora você já possa vender a partir do momento em que se cadastre, recebendo os links de divulgação dos produtos, que quando adquiridos, retornam comissão ao vendedor.

Algumas plataformas que trabalham com afiliados são:

  • Amazon
  • Magazine Luiza
  • Hotmart
  • Eduzz
  • Monetizze


2 - Abrir uma loja virtual

Os custos para abrir uma loja virtual são bem baixos. Geralmente você paga pela hospedagem, domínio e em alguns casos é possível comprar o pacote completo que já vem com modelos de loja virtual prontas para você criar o seu site, cadastrar os produtos e começar a vender.

O que vai ser caro neste projeto é o estoque. Neste caso, você pode começar com poucos produtos, fazer negociações com fornecedores para produtos consignados ou até mesmo optar pelo dropshipping, que nós vamos discutir no próximo tópico.

3 - Dropshipping

Dropshipping também é uma de negócio na área de e-commerce, mas com um modelo de negócios um pouco diferente. Neste caso, o empreendedor não precisa ter estoque na sua loja e só compra do fornecedor assim que o cliente fizer o seu pedido.

Atualmente existem muitos fornecedores que têm estrutura para trabalhar com dropshipping. É preciso, no entanto, verificar a qualidade dos fornecedores para a sua loja virtual dropshipping, pois eles ficarão responsáveis pelo fornecimento do produto, logística e pós-venda.

No modelo dropshipping todos os custos mais altos de ter uma loja virtual ficam por conta dos fornecedores, mas o ônus desse modelo é a dependência de fornecedores ruins que podem manchar a sua marca ao oferecerem uma experiência ruim ao seu cliente.

4 - Compra e venda de itens usados

Existem muitos itens usados que não tem mais utilidade para algumas pessoas, mas pode ter muito valor para outras. Você pode criar um negócio de compra e venda destes produtos, comprando muito barato e vendendo a um preço justo para quem deseja.

Neste negócio você pode começar reunindo seus próprios itens inutilizados ou procurar com amigos, principalmente aqueles que adorariam ganhar uma grana extra vendendo seus itens. Depois de reunidos, você pode dar uma repaginada, limpando ou fazendo pequenos reparos para que os produtos valham mais.

Você pode vender em plataformas como a Enjoei ou OLX onde existem muitas pessoas interessadas em comprar estes tipos de produtos ou até mesmo criar a sua própria loja virtual.

5 - Venda de doces

Se você é bom na cozinha, pode investir em um negócio de vendas de doces gourmet. Este é um segmento que sempre tem demanda e pode ser muito rentável para quem deseja começar com pouco.

Ainda assim, é possível crescer exponencialmente se você reinveste os lucros tanto em melhores recursos como no marketing para divulgar o seu trabalho. Por isso, pode ser interessante criar um perfil nas redes sociais, interagir com seus seguidores, fazer encomendas online e vender muito mais.

Procure por receitas diferentes, faça testes, veja o que o seu público gosta mais e comece a vender!

6 - Vendas em Marketplaces parceiros

Se você ainda não tem segurança para montar uma loja virtual, é possível começar utilizando plataformas de parceiros para vender seus produtos. Isso pode ser feito utilizando marketplaces de marcas famosas como Americanas, Amazon, Casas Bahia, Magazine Luiza, entre outros.

Essas empresas permitem que você exponha e venda seus produtos pelos sites delas e tenha bons resultados. Em troca, você acaba contribuindo para a diversidade de produtos que eles vão disponibilizar no site oficial.

7 - Gestão de Redes Sociais

Fazer gestão de redes sociais é um trabalho que pode ser aprendido online e pode ser muito valioso nos dias de hoje. As empresas, principalmente as pequenas, estão sempre em busca de profissionais para cuidar de suas redes,

Essa é uma tarefa cada vez mais necessária no mercado, mas a maioria das pequenas empresas não tem o conhecimento necessário para tal atividade. Por isso, você pode criar um pacote especial para muitas empresas e receber uma mensalidade de todas elas para fazer essa gestão.

Este trabalho pode ser feito pelo celular e você vai precisar investir em conhecimento como estratégia de marketing e design gráfico. Com o tempo, você pode reinvestir os lucros para melhorar as ferramentas, comprando softwares, ferramentas de marketing e investindo em cursos mais caros que vão te possibilitar conseguir mais clientes.

8 - Criador de conteúdo digital

O criador de conteúdo digital pode ganhar muito dinheiro quando ele possui muita audiência. Para ter audiência, é preciso que ele crie conteúdo de qualidade sobre algum assunto que domine ou seja um influenciador do entretenimento.

Para abrir um negócio de criação de conteúdo é preciso conhecimento e, dependendo da plataforma que você escolher hospedar seu conteúdo, talvez seja preciso fazer alguns investimentos. Veja algumas opções:

  • YouTube (Captação e edição de vídeos)
  • Blog (Hospedagem, domínio, design)
  • Redes sociais (Celular)


Como escolher um negócio para investir

Para que o seu investimento valha a pena você precisa escolher um bom negócio para investir. O negócio ideal para qualquer empreendedor é aquele que está dentro do seu planejamento de recursos.

Abaixo falaremos de alguns fatores interessantes para te ajudar a escolher o seu negócio.

Defina seus gostos e habilidades

Para ter um negócio de sucesso o empreendedor precisa estar em sintonia com o seu negócio. Portanto, é importante levar em conta os seus valores, suas paixões e suas habilidades que vão ajudar nessa jornada.

Se você se comunica bem, pode optar por fazer vídeos, ter perfil em uma rede social ou até mesmo trabalhar com vendas. Mas caso a sua habilidade seja na escrita, talvez seja interessante montar um blog ou se sabe cozinhar, vender doces gourmet pode ser uma oportunidade de sucesso.

Defina o seu orçamento inicial

A maioria dos negócios que mostramos exige quase nenhum investimento. Ainda assim, se for o caso de montar uma loja virtual, por exemplo, o seu orçamento inicial pode ser a diferença entre ter estoque próprio ou trabalhar com dropshipping.

Saiba quais são os seus recursos iniciais

Não é somente o investimento em dinheiro que conta. O que você possui de recursos que podem te ajudar em um empreendimento? Uma boa câmera, celular, computador e até mesmo tempo sobrando podem ser fatores decisivos na hora de escolher em qual negócio investir.

Como fazer seu investimento render

Outro fator importante para se levar em conta são as estratégias iniciais para fazer o seu investimento render mais. Se você investe pouco dinheiro, precisa compensar com outras ações para que o seu empreendimento cresça exponencialmente.

Busque conhecimento

É importante se informar para tomar melhores decisões no seu negócio. Por isso, você deve procurar por profissionais que já trilharam o caminho que você deseja para aprender com seus erros e acertos. Na internet você encontra muito conteúdo de qualidade gratuito ou com valor baixo.

Pesquise custo-benefício

Como você tem pouco dinheiro, é importante verificar as melhores ferramentas e serviços. Isso pode ser feito desde os produtos do seu estoque, até os fornecedores de material ou serviços (digitais ou não), como a sua plataforma de loja virtual, por exemplo.

Reinvista o lucro inicial

Mesmo que você queira se beneficiar dos lucros do seu negócio, é importante que no começo ele seja investido nele. Isso vai ajudar no crescimento exponencial ao aumentar, por exemplo, a verba de marketing e propaganda para alcançar mais pessoas.

Conclusão

Viu como podem existir alternativas interessantes que te ajudam a construir o seu sonho de ter um negócio próprio? O importante é se munir de bom conhecimento e muita disposição, pois o investimento baixo tem que ser compensado com trabalho duro.

Gostou de saber mais sobre as dicas de negócio com baixo investimento? O que você colocaria nessa lista? Deixe seu comentário logo abaixo e compartilhe este post nas suas redes sociais.