Dentro das próximas semanas, a Prefeitura de Guaramirim deve publicar o edital do segundo leilão do Loteamento Industrial Municipal Francisco José Doubrawa, às margens da BR-280, no bairro Caixa D'água.

O edital busca a venda dos cinco lotes remanescentes do  espaço, de 164 mil metros quadrados. Com a emissão do edital, em 40 dias deve ser realizado o pregão - a previsão é de que seja feito em março.

Segundo a Prefeitura de Guaramirim, a arrecadação do primeiro leilão do loteamento industrial, aberto em setembro de 2017, foi de R$ 1,595 milhão. Foram dez lotes, vendidos para quatro empresas - Corteville Aços e Planos, Aromitália do Brasil, Multisoy Indústria de Alimentos e Metalúrgica IMAM.

Uma delas, a IMAM, já iniciou a construção do empreendimento, com 3 mil metros quadrados, abrigando fundição, administrativo e setor de desenvolvimento de produtos. A previsão é de que as outras três iniciem as obras em fevereiro.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Ademir da Silva, a alienação dos cinco lotes remanescentes parte do valor de R$ 40 o metro quadrado com incentivo de 50% do valor, o que reduz o lance mínimo para R$ 20 o metro quadrado.

Foto Eduardo Montecino/OCP News

O pregão será presencial, em data a ser divulgada em edital. "Estamos ainda terminando os trâmites do edital, que deve ser lançado em fevereiro", explica.

A empresa vencedora do leilão precisa pagar 30% de entrada, com o restante em 12 vezes e um período de carência de seis meses.

A obrigação é de que em 18 meses tenha 15% da empresa esteja construída e quem em 36 meses, 42% do empreendimento esteja construído.

Por 120 meses, o adquirente é proibido de vender o terreno e tem a obrigação de produzir com o CNAE (Cadastro Nacional de Atividades Econômicas) registrado na declaração da empresa.

Para incentivar as empresas a se instalarem no loteamento, a rua Rudi Valdi Siedschlag, que dá acesso ao Loteamento Industrial, será pavimentada, em uma obra orçada em R$ 1,5 milhão.

Lotes e os lances mínimos do pregão:

  • 2 com 6 mil metros quadrados: R$ 120 mil cada;
  • 1 com 8 mil metros quadrados: R$ 160 mil;
  • 1 com 10 mil metros quadrados: R$ 20 mil;
  • 1 com 17 mil metros quadrados: R$ 340 mil.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?