Pouco a pouco, as luzes, guirlandas e bolas coloridas que tradicionalmente marcam a chegada do Natal começam a tomar conta do Centro de Jaraguá do Sul. Desde a semana passada, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) coordena o trabalho de instalação da decoração natalina, que deve ajudar a aquecer o ânimo – e, quem sabe, as vendas – do varejo este ano. Com inauguração marcada para a quinta-feira da semana que vem (dia 16), a decoração também deve estimular os comerciantes a entrarem para valer no clima das festas, já que, até agora, poucas vitrines estão preparadas para o Natal. Na avenida Getúlio Vargas, uma loja de produtos para o lar se adiantou e já está atraindo a atenção dos consumidores com uma vitrine para lá de colorida. O cuidado em cada detalhe reforça a importância da data para o comércio, que se mostra otimista com o crescimento das vendas este ano. “Tenho certeza que vai ser bom. Já estamos vendendo bastante itens de decoração e algumas pessoas estão procurando o presente adiantado, isso nos deixou otimistas”, afirma a caixa da loja, Adriana Manoel. Normalmente, o movimento começa a crescer na primeira semana de dezembro e fica cada vez mais intenso até a semana do Natal. Este ano, entretanto, a necessidade de organizar melhor as contas pode levar parte dos consumidores a adiantarem as compras, apontam os especialistas do setor. É o caso da costureira Teresinha Domingues, de 57 anos, que aproveitou um passeio pelo calçadão para ficar de olho nas ofertas e condições de pagamento oferecidas pelas lojas da região. Mãe de sete filhos e avó de 12 netos, Teresinha tem que se programar bem para garantir o presente de todos sem prejudicar as finanças, esforço que, segundo ela, vale a pena. “Alguma coisinha a gente vai adiantando para não pesar tudo em dezembro. Este ano ganhei uma moto numa rifa e por isso quero dar algo melhor para os netos, mas tem que se organizar”, conta ela, sorrindo, contando que o netinho mais novo, de dois anos, até escolheu qual carrinho quer ganhar. Para a crediarista Hilda Ehald, que trabalha em uma loja de sapatos no calçadão da Marechal, o melhor desempenho das vendas em setembro ajudou a aumentar o otimismo dos comerciantes. “Isso nos animou, até porque o início do ano foi mais ameno. Depois de dois anos de resultados ruins no Natal, este ano esperamos crescimento”, diz Hilda. Para suprir a demanda, a loja deve contratar dois profissionais extras em dezembro. Pesquisa aponta que deve ser um Natal de otimismo Uma pesquisa divulgada esta semana pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que este deve ser um Natal de otimismo em todo o Brasil. Segundo o levantamento, 39% dos comerciantes brasileiros acreditam que as vendas serão melhores neste final de ano. Para se ter uma ideia, o percentual representa um crescimento de 16% frente ao ano passado, quando apenas 23% dos varejistas vislumbravam um aumento nas vendas. Além disso, outros 33% acreditam que as vendas se manterão estáveis. Apenas 22% afirmam que as vendas serão piores do que em 2016, índice que caiu dez pontos percentuais em relação ao ano passado. Segundo estimativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o Natal deve movimentar R$ 34,7 bilhões este ano no país. Se concretizado, o número representará um avanço de 4,8% frente ao mesmo período do ano passado. O maior aumento nas vendas deve acontecer nas lojas de móveis e eletrodomésticos (17,4%).

"Para enriquecer a experiência da comunidade, teremos também uma série de apresentações culturais na praça Ângelo Piazera, que irão acontecer toda a quinta-feira até o Natal."

Marcelo Nasato, presidente da CDL

  PROGRAMAÇÃO CULTURAL PROMETE AGRADAR AOS CONSUMIDORES Para incentivar ainda mais os consumidores a prestigiarem o comércio local, a CDL se juntou à Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Jaraguá do Sul para criar uma programação cultural com artistas da região. “A chegada do Papai Noel é sempre uma atração muito esperada (e este ano ele deve chegar fazendo bastante barulho). Para enriquecer a experiência da comunidade, teremos também uma série de apresentações culturais na praça Ângelo Piazera, que irão acontecer toda a quinta-feira até o Natal”, conta o presidente da CDL, Marcelo Nasato. A programação natalina terá início no dia 16 com o acendimento das luzes de Natal e a chegada do Papai Noel, às 20h, na praça Ângelo Piazera. A celebração será embalada pelos acordes da Orquestra do IFSC. A partir dali, toda quinta-feira será marcada por um espetáculo especial, sempre às 20h, na praça. No dia 23 de novembro, quem comanda a festa é o Studio Ornellas com a apresentação de dança “Os Guardiões do Pedido de Ana”. No dia 30 de novembro acontece o espetáculo “Magic Christmas”, coordenado pelo Colégio Evangélico Jaraguá. Já no dia 7 de dezembro a Secretaria de Educação prepara uma mostra de bandas para embalar o público. Na segunda semana de dezembro a programação fica mais intensa, começando com o espetáculo “Uma Noite de Natal”, do Galpão da Dança, no dia 10 de dezembro. Já no dia 14 é a vez da apresentação “Natal uma Expressão de Amor”, do Coral Municipal e Teatro da Escola Helmut Duwe. No dia 15, o Studio Liz comanda o espetáculo de dança “Encontro de Natal”. A programação encerra no dia 16 com a mostra da Escola de Música Musuca. Todos os espetáculos acontecem às 20h. “A ideia é que este ano tenhamos um Natal mais cultural e interativo, que realmente encante as pessoas e traga o espírito natalino para a cidade. O projeto foi pensado de forma cuidadosa e deve agradar a comunidade”, ressalta Nasato.